Festival Vivadança - Swan Lake, Saudade e Sol... – Cabine Cultural
Agenda Dança

Festival Vivadança – Swan Lake, Saudade e Sol…

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Da Ponta da Lingua a ponta do Pé

Espetáculo Da Ponta da Língua à Ponta do Pé. Grupo Viladança (Bahia) CIRCUITO INFANTIL

Sinopse – O Programa de Formação Artística Da Ponta da Língua à Ponta do Pé é desenvolvido desde 2004, com o objetivo de incentivar a apreciação e a educação para as artes entre crianças e adolescentes. O nome do programa também deu origem a um musical, didático e criativo, no qual bailarinos cantam e interpretam, para contar a história de um garoto que gosta de rap e skate, mas, ao se apaixonar por uma estudante de balé, mergulha no universo da dança. Com a ajuda de uma professora, ele passeia pela história da dança desde a pré-história, passando pelos rituais religiosos e salões da nobreza, até chegar aos palcos contemporâneos, além de conhecer a importante contribuição da bailarina Isadora Duncan ao mundo da dança. O espetáculo tem o reconhecimento internacional da UNESCO, e já foi visto por mais de 40 mil pessoas desde a sua estréia em 2004.

Serviço
Espetáculo Da ponta da língua a ponta do pé, Cia. Viladança
Data: 18 e 19 de abril, quarta e quinta-feiras, 15 horas
Locais: Teatro Solar Boa Vista
Entrada franca

Espetáculo Swan Lake. Coreógrafo Idan Cohen (Israel) INTERNACIONAL

Sinopse – A ideia principal e a questão básica no Swan Lake de Idan Cohen é mostrar as diferentes questões de identidade do clássico O Lago dos Cisnes, a monumental peça musical de Tchaikovsky, considerada uma das pedras fundamentais da cultura ocidental. A coreografia se propõe a jogar sombras sobre as linhas clássicas da história e da dança, e revelar o lado pessoal e contemporâneo que se esconde atrás delas. Os dançarinos checam persistentemente suas identidades e cada um estabelece um esboço de regras e códigos comportamentais, projetando o espaço, os outros dançarinos e a nova história. A dinâmica do trabalho é uma rotina infinita de tensões e mudanças que levam a uma opressão mútua entre os indivíduos que vivem nesse regime.

Serviço
Espetáculo Swan Lake, de Idan Cohen
Data: 18 e 19 de abril, quarta e quinta-feiras, 20 horas
Local: Teatro Vila Velha
Ingressos: R$ 10,00 e R$ 5,00

Solos Saudade e Sol. Cia Dezeo-Ito (França) INTERNACIONAL

Sinopse – Criada por Guillaume Lauruol, em Paris/França, no ano de 2005, a companhia Dezeo-Ito nasceu com o objetivo de pesquisar a dança, o som eletroacústico e as artes visuais, mantendo estreita relação com o Brasil, devido ao interesse de Lauruol na capoeira e percussão. Em 2009, a companhia teve sua sede transferida Itacaré, município do sul da Bahia. Desta mudança, surgem os solos Saudade e Sol. O primeiro, interpretado por Catherine Pollini, busca traduzir esta palavra, que só existe na língua portuguesa, através da linguagem universal da dança. O segundo, interpretado por Lauruol, joga com o duplo sentido da palavra sol, que em português identifica o Astro-Rei e sua luz, e, em francês, significa chão, terra. Enquanto Saudade é uma dança da ausência, Sol é uma dança do acolhimento de alguém que, apesar de ter nascido na França, foi recebido em terras brasileiras.

Serviço
Solos Saudade e Sol, com Grupo Dezeo Ito
Data: 19 de abril, quarta e quinta-feiras, 19 horas
Local: Teatro Molière
Ingressos: R$ 10,00 e R$ 5,00

Mais informações e programação completa: www.festivalvivadanca.com.br

* Fotos: divulgação


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta