Últimos dias do FIAC 2012 – Cabine Cultural
Agenda

Últimos dias do FIAC 2012

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Áfricas, do Bando de Teatro Olodum. No Cabine Cultural

O Festival Internacional de Artes Cênicas da Bahia (Fiac) tem se consolidado como principal porta de entrada da cena teatral nacional e internacional aqui na cidade. Com uma curadoria atenta ao que acontece de mais interessante no estado, no país e também fora, a atual edição vem sendo marcada por apresentar belos espetáculos. Sendo assim, resta aos soteropolitanos aproveitar os últimos dias de evento, que se encerra neste domingo, dia 7 de outubro, em diversos espaços da cidade. Os valores são R$12, inteira, e R$6, a meia-entrada, além de espetáculos com entrada franca

Dentre os espetáculos já apresentados, fica o destaque para o trabalho francês Transports Exceptionnels, de Dominique Boivin. Trata-se de um particular show proporcionado por um dançarino e uma escavadeira. Plasticamente belo, o projeto foi uma das mais importantes aquisições desta edição. Quem também se destacou foi o grupo mineiro Espanca!, que trouxe a montagem O Líquido Tátil, com texto e direção do argentino Daniel Veronesea. Os destaques baianos até agora ficaram por conta de Sargento Getúlio e Salmo 91, ambos com temporadas bem sucedidas na capital e Áfricas, do Bando de Teatro Olodum, que propõe um resgate bem pontual da história do continente africano.

Programação FIAC 2012

Há ainda uma vasta programação, com muitos projetos que prometem encantar o público baiano. Uma das peças mais aguardadas vem da companhia mexicana Lagartijas Tiradas al Sol. Trata-se de El Rumor del Incendio, com sessões sexta e sábado no teatro Goethe. Outro trabalho que merece atenção é Árvores, de Clarice Lima, A performance colocará até 40 pessoas de ponta-cabeça em espaços públicos e paisagens urbanas. Teremos também o espetáculo baiano Siré Obá, que se configura como um grande culto aos Orixás, que assume uma posição bem intimista, onde os atores através do olhar e mesmo do toque interagem o tempo todo com a platéia. Belo trabalho que representa bem o estado


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta