Seabra 2012 - Jorge Amado e os minicursos – Cabine Cultural
Literatura

Seabra 2012 – Jorge Amado e os minicursos

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Abertura da Mostra de Seabra

Mês passado a UNEB (Universidade do Estado da Bahia) de Seabra foi palco de uma série de interessantes eventos acadêmico-culturais que movimentaram sobremaneira toda a cidade. Tivemos o Congresso Internacional de Línguas e Literaturas Africanas e Afro-Brasilidades (CILLAA), edição 2012, o Simpósio Internacional de Baianidade (SINBAINIDADE) e a VI Mostra de Cinema e Vídeo de Seabra, além do I Encontro de Estudantes do PARFOR-UNEB (Programa Plataforma Freire). Palestras, minicursos e mesas de discussão. O Cabine Cultural, a convite da organização, fez a cobertura de alguns destes eventos e traz agora a primeira parte dos nossos destaques.

MINICURSOS
Entre os minicursos um dos destaques foi o intitulado Um Breve Estudo Sobre As Adaptações Cinematográficas Das Obras De Jorge Amado, ministrada pelo Professor Maurício Amorim. Nele o professor fez uma retrospectiva de todos os filmes que foram produzidos a partir de adaptações das obras de Jorge Amado. Todos os inscritos, que por sinal lotaram local do minicurso, puderam conhecer e dialogar um pouco mais sobre o universo do escritor baiano, um dos homenageados dos eventos de Seabra em 2012. Como destaque está à participação especial do ator Robério Lima, o Professor de Capitães da Areia. Robério, um dos convidados da VI Mostra de Cinema e Vídeo, também foi chamado por Mauricio para participar do último dia do minicurso. Eles conversaram e responderam questões a partir do making of exibido na sala. O filme propriamente dito só seria exibido na noite daquele mesmo dia, então a exibição do material extra do DVD serviu como aperitivo para que todos também fossem ao auditório mais tarde. A estratégia deu certo, já que a sessão de Capitães da Areia estava lotada. Um dos principais pontos externados nos dias de trabalho foi o limite criativo que o cineasta pode ou não ter ao decidir adaptar uma obra literária. O tema em si desperta algumas desavenças, já que muitos leitores de Jorge Amado (e de outros escritores que também tem suas obras adaptadas para o cinema) não aceitam que grandes mudanças sejam feitas nos filmes em questão. Capitães da Areia sofreu neste sentido, pois algumas histórias do filme aparentemente diferem das contadas por Jorge em seu famoso livro. O resultado desta discussão foi bastante proveitoso para todos os envolvidos no minicurso.

Minicurso sobre Jorge Amado ministrado por Mauricio Amorim

Jorge Amado também foi tema de outro minicurso, Conservadorismo e Inovação Linguística em Jorge Amado, ministrado pelo Professor Doutor Ricardo Tupiniquim Ramos.

Além desses minicursos em que Jorge Amado foi o grande homenageado, há de se destacar uma série de outros que tiveram como temas questões de negritude, de educação inclusiva e sobre a construção da identidade baiana, seja na literatura, seja na sociedade no geral. Vários debates giraram em torno desta temática e em todos eles as salas estavam bem cheias, mostrando que os temas propostos para esta edição dos eventos de Seabra foram bem escolhidos.

Amanhã voltamos com a segunda parte deste resumo do que foi Seabra 2012 e teremos como destaques a Mostra de Cinema e Vídeo e as várias participações mais que especiais de convidados como Geraldo Moraes, Orlando Senna e Robério Lima. Até lá.

 


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta