Angel Marques fala sobre seu novo projeto, Carpe Diem – Cabine Cultural
Notícias

Angel Marques fala sobre seu novo projeto, Carpe Diem

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Angel Marques

Bate papo rápido com a atriz e escritora Angel Marques. Na pauta da conversa, seu novo projeto, Carpe Diem, produzido em parceria com o Cabine Cultural. No final da entrevista postaremos mais uma vez a mais recente edição do programa, gravado no Espaço Itáu Glauber Rocha de Cinemas.

Cabine Cultural – Como surgiu a ideia do Carpe Diem?
Angel Marques – O Carpe Diem é um projeto antigo, o qual surgiu da ideia de poder levar para as pessoas, através de dicas e lugares agradáveis, acessíveis a todos e, de certa forma, simples, um pouco mais de bem estar visual e opções para fazê-las aproveitar mais e melhor o seu dia.

CC – Qual a principal proposta do programa?
AM – Apresentar para as pessoas boas opções para aproveitar bem o seu dia, motivando-as para isso.

CC – Qual a duração de cada programa?
AM – Uma média de 7 a 10 minutos.

CC – Essa é a primeira vez que você trabalha com web programas?
AM – Sim. Apesar de já ter vivenciado a linguagem da web, mas, através de web-séries.

CC – O que acha deste formato?
AM – Bastante interessante, em especial, por ser mais acessível a todos. Através dele, conseguimos atingir a todos os públicos, e esse também é o objetivo, alcançar o maior número de pessoas, independente de qualquer outro fator.

CC – Já tem os nomes dos convidados dos próximos programas?
AM – Alguns nomes já estão sendo sondados. Uns confirmados e outros a confirmar, mas, prefiro deixar um sabor de surpresa no ar.

CC – Conte um pouco de sua carreira?

AM – Bem, a minha primeira peça na vida foi A Cigarra e a Formiga, encenada aos 6 anos. Depois dela, fiz muitas outras amadoras, contudo, iniciei no teatro em um processo mais profissional em 1999 no Curso de formação de atores pela FUNCEB. Mas, sempre em paralelo a vida burocrática, e só em 2007, quando resolvi arriscar mesmo na carreira artística, voltei ao Teatro, pelos palcos do querido Gil Santana, e de lá para cá, fiz vários cursos, oficinas, reciclagens e participei de algumas peças, inclusive uma escrita por mim mesma, a qual, eu não só roteirizei, mas produzi (com a ajuda de alguns amigos) e interpretei, que se chama Acorda Marias, Clarices, Joanas… No cinema tive algumas experiências com Longas, dentre eles O Seminarista, uma adaptação do livro de Bernardo Guimarães, que foi uma experiência bastante enriquecedora, e de alguns curtas como Doido Lelé, Reforma, Homofobia, O Sexo a Rua e o Drama, Eternamente Fã, etc. Na TV tive outras experiências importantes, como dançarina do núcleo fixo de dança da novela Cama de Gato e fiz algumas participações em Caminho das Índias, nas minisséries Dalva e Herivelton, Cinquentinha, nos programas Toma lá da Cá, Casseta e Planeta da Rede Globo.  Participei do Programa Retalhão com Zéu Britto – Canal Brasil. Do Telegrama LegalPrograma Domingo Legal – SBT. E pela Internet participei das web-séries Apenas Heróis e RG – A revolta. Bem como, de algumas propagandas. Sendo também, idealizadora e produtora de um projeto de Stand Up Comedy – O Arena Stand Up – que foi muito especial e reuniu grandes comediantes aqui de Salvador, o que me trouxe um pouco de experiência nessa parte como apresentadora.

CC – Além do Carpe Diem, tem algum outro projeto seu em andamento?
AM – Bem, tenho mais dois projetos em andamento, mas, por enquanto, ainda são segredos. Em breve, revelarei.

CC – Pra finalizar, o que os espectadores podem esperar do Carpe Diem?
AM – Podem esperar um programa feito com muito alto astral e carinho, que vai trazer não só as opções de como aproveitar bem o seu dia, mas, também, motivar e animar a praticá-las.

 


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta