Especial O Acordo | Cabine Cultural
Cinema

Especial O Acordo

O Acordo

O filme O ACORDO será lançado nos cinemas brasileiros dia 19 de abril.

SINOPSE
O astro de filmes de ação Dwayne “The Rock” Johnson está de volta na história de um pai cujo filho é sentenciado a 10 anos de cadeia por envolvimento com drogas. Para reduzir a sentença do garoto, acusado injustamente, o pai concorda em atuar infiltrado em um perigoso cartel de drogas para derrubar um poderoso narcotraficante. Nesta missão, ela vai arriscar tudo – incluindo a segurança de sua família e a sua própria vida. No elenco, além de The Rock, estão nomes como Susan Sarandon, Jon Bernthal (o Shane da série The Walking Dead), Harold Perrineau (Lost) e Benjamin Bratt (Traffic).

O Acordo

DIREÇÃO
Assim que foi escolhido para a vaga de diretor do filme O ACORDO (Snitch), Rick Waugh fez questão de se cercar dos melhores atores que pudesse encontrar. Para o papel principal, do obstinado pai John Matthews, o cineasta pensou imediatamente em Dwayne “The Rock” Johnson. “Ele foi uma escolha espetacular”, afirma o cineasta. “Eu sempre quis trabalhar com ele e, assim que assinei para dirigir O ACORDO, ele passou a fazer todo o sentido. Podemos entregar ao público o componente de ação, mas também podemos apresentar Dwayne em um papel que mostra que ele é um ator fenomenal”.

O Acordo

Para Waugh, esta oportunidade vem em um momento crucial na carreira de The Rock, conhecido (e julgado) principalmente por suas performances como ator de filmes de ação. “Neste filme, ele não vive um herói de ação. Queria pegar um dos caras mais formidáveis do cinema atualmente e colocá-lo em uma trama na qual toda a ação é de verdade. Se você levar um tiro, você morre. Ele vive um sujeito comum que tem que vencer os desafios se quiser permanecer vivo. É o mundo real, então músculos e tamanho não importam.

O Acordo

É uma história sobre coração, convicção e sobre o quão longe um pai pode ir para salvar o filho”. O diretor afirma ainda que Dwayne é o tipo de homem que se tornou uma estrela justamente porque é real. “Ele é um dos homens mais focados e honestos que conheço, e esta honestidade se reflete em suas atuações. É por isso que seu público adora vê-lo. Ele é um cara real com o coração de um leão, que luta pelo que acredita. Ele é o pacote completo: um astro de cinema e um ator de verdade”.

O Acordo

Não por acaso, a imprensa internacional reconheceu a entrega de The Rock a um papel dramático no qual é difícil vê-lo costumeiramente. “O melhor trabalho da carreira de Dwayne Johnson”, afirma o crítico do jornal Chicago Sun-Times. Já o USA Today diz que é visível o seu amadurecimento como ator: “É uma performance mais cheia de nuances do que qualquer uma que ele tenha entregue antes”.

O Acordo

O próprio The Rock confirma que, assim que viu o roteiro e soube que era de Waugh, quis imediatamente estar envolvido no projeto. “Existem diversos elementos nesta história que eu adoro. Amo o fato de que lida com a ideia de responsabilidade e a noção do tamanho do amor de um pai pelo filho. Eu acredito que faria exatamente a mesma coisa pela minha família. Quando se trata de meus filhos, eu mentiria, enganaria, roubaria, mataria para protegê-los”. Ele admite que O ACORDO é o seu trabalho mais desafiador no sentido emocional.

O Acordo

“Personagens no gênero de ação são escritos de uma certa forma. O herói sai chutando bundas. Mas num filme como o nosso, isso não existe. John Matthews não fala ou faz sempre as coisas certas. Ele desaba, e fica assustado, e não sabe o que fazer . Isso é vida real e é como seríamos na vida real. É divertido criar personagens maiores do que a vida, muito heroicos, que se posicionam diante do perigo e salvam o mundo. Por sinal, eu interpreto este tipo de personagem, e eu gosto. Mas um filme como este, com um personagem que não é este tipo de homem, mas que pode crescer para isso, é muito especial”.

O Acordo

Dwayne Johnson conta ainda que nunca conheceu o homem que inspirou a história. “Quando eu lia o roteiro, a cada 20, 25 páginas, eu tinha que parar, tinha que ligar para o Rick Waugh, ou mandar uma mensagem, dizendo ‘fale-me mais sobre isso, isso aconteceu?’, e ele me dizia ‘sim, isso aconteceu’. E eu vi o documentário, que é realmente impressionante. Então, o que é mais importante do ponto de vista do Rick, que é diretor/roteirista, é ter certeza de que fazemos parecer autêntico. Fomos muito respeitosos com a família que passou por isso”.

O Acordo

 







Uma resposta para “Especial O Acordo”

Deixe uma resposta