Botinada: a origem do punk no Brasil – Cabine Cultural
Cinema

Botinada: a origem do punk no Brasil

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O Botinada

Botinada é um documentário realizado pelo ex-VJ da MTV e ex-apresentador do programa Musikaos da TV Cultura, Gastão Moreira, que teve forte influência da sua experiência na TV e construiu a linguagem do filme certamente nos moldes televisivos. O que pode fazer torcer o nariz de muitos cinéfilos.

É bem verdade que o documentário não apresenta novidades formais e tampouco ousadia em termos de linguagem cinematográfica. A estrutura do documentário chega a ser bastante convencional e até mesmo didática. A totalidade da obra é subdividida em blocos tematicos intitulados “Quer Saber o que é Punk?”, “Antes do Punk”, “Família” etc. Esses blocos por sua vez são construidos por meio de entrevistas com pessoas ligadas a gênese do movimento no Brasil; registros fotográficos de bandas; recortes de sessões policiais de jornais; imagens antigas extraidas da TV e de outros documentários.

Não obstante o convencionalismo, o filme narra com bastante vivacidade e bom humor as primeiras experiências no âmbito da fruição e produção da cultura punk no Brasil. Não se limitando a um mero documentário musical, ele consegue dar conta de um cuidadoso e respeitoso trabalho de resgate dos simbolos da maldita cultura punk no contexto de uma reiterpretação histórica dos sujeitos que a vivenciaram, procurando pensar o contexto de ditadura em que nasceu o movimento no Brasil, o cenário musical da época, os padrões estéticos, a presença e a influência das diversas mídias.

O filme conta com imagens importantes do movimento como a do festival punk Começo do fim do mundo e consegue levantar os precários registros das mais expressivas bandas: desde Inocentes, passando por Olho Seco, Cólera e tantas outras mais. A trilha sonora é bem selecionada e é composta por algumas pérolas de bandas hoje um pouco mais conhecidas como “Oi Tudo Bem?” dos Garotos Podres e “Festa Punk”  dos Replicantes.

Trata-se de um filme que não me lembro de ter tido repercussão e de ter feito muito barulho, mas que faz jus aos bons comentários que foram feitos ao seu respeito. Ele é um importante documento sobre o movimento Punk, que pode interessar tanto a pessoas que queiram conhecer um pouco mais sobre essa cultura e construir uma reflexão antropológica a respeito de sua gênese e desdobramentos; como também a pessoas mais voltadas à cultura underground procurando passar em revista a história de um dos mais importantes movimentos contraculturais.

O Botinada

Washington dos Santos Oliveira é graduado em filosofia pela Universidade Federal da Bahia e é colaborador do Cabine Cultural.



  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta