Mostra Futebol Arte – Cabine Cultural
Agenda

Mostra Futebol Arte

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Mostra Futebol Arte

Na Sala Walter da Silveira, de 31 de maio a 6 de junho.

No mês em que Salvador sedia, pela primeira vez, a Copa das Confederações da FIFA e o futebol toma conta da cidade, a Sala Walter da Silveira celebra a união entre o esporte mais popular do País e o cinema ressaltando o que eles têm em comum: a noção de espetáculo. A mostra Futebol Arte reúne documentários e filmes de ficção sobre grandes atletas como Pelé, Maradona e Garrincha, além da recriação de fatos históricos como a conquista alemã da Copa de 1954, entre outras atrações. A entrada é gratuita.

PROGRAMAÇÃO
Dia 31/05
17h

Garrincha, alegria do Povo (Brasil, 1962)
Direção: Joaquim Pedro de Andrade
Sinopse – Vida e carreira de um dos maiores jogadores brasileiros de todos os tempos e para muitos, simplesmente “o maior”. No ano de produção, Garrincha estava no auge e seus dribles desconcertantes nas Copas do Mundo de 1958 e 1962, e Botafogo FC foram levados às telas.

19h
Uma história de futebol
(Brasil, 1999)
Direção: Paulo Machline
Sinopse – A partir das lembranças de Zuza, um companheiro de pelada, o curta conta histórias da infância do rei do futebol Pelé nos campos de terra da cidade de Bauru, no interior de São Paulo.

Isto é Pelé (BRASIL, 1974)
Direção: Eduardo Escorel e Luiz Carlos Barreto
Sinopse – Documentário que narra a vida de Edson Arantes do Nascimento, o Pelé, contando sua carreira de 17 anos de futebol. Ao lado do gênio Pelé, são focalizadas as grandes conquistas do futebol brasileiro, com ênfase nas Copas do Mundo de 1958 e 1970. Pelé depõe sobre suas qualidades e vemos cenas das partidas mais importantes que disputou, os gols mais emocionantes que marcou, como um testemunho e um legado de ensinamentos para as atuais e frituras gerações do futebol brasileiro.

Dia 1/06
19h
O corintiano
(Brasil, 1966)
Direção: Milton Amaral
Sinopse – Comédia protagonizada pelo grande ator brasileiro Mazzaropi, o filme narra a paixão do brasileiro pelo futebol e a rivalidade histórica entre Corinthians e Palmeiras. Aqui Mazzaropi é ‘Seu’ Manuel, barbeiro fanático pelo Corinthians, capaz de loucuras: andar com um burro preto-e-branco, bater boca com torcedores de times rivais, fazer promessas malucas, orações, sofrer e xingar na arquibancada.

Dia 2/06
15h e 17h
Boleiros, era uma vez o Futebol
(Brasil, 2008)
Direção: Ugo Giorgetti.
Sinopse – Num típico bar paulistano, com fotos de jogadores espalhadas pelas paredes, um grupo de homens tem algo em comum: todos são boleiros, profissionais e ex-profissionais do futebol. Eles costumam se reunir ali para falar sobre jogos, atletas, times e juízes. Dessas conversas surgem lembranças de fatos e personagens insólitos do futebol, num clima de nostalgia debochada. Os episódios são tão familiares e, relatados com tanta habilidade, que acabamos nos convencendo de que todas as pessoas realmente têm uma história que vale a pena conhecer, só precisam aprender a contá-la.

Dia 3/06
17h
Os onze escolhidos
(Die Elf Teufel, ALE, 1927)
Direção: Zoltan Korda
Sinopse – No início está o clichê: os pobres e os ricos, os honestos e os duvidosos. Uns não podem comprar nada, os outros têm até dinheiro para comprar um jogador de primeira. Uns tem um chuveiro improvisado do lado de fora da casa, os outros tem uma piscina coberta e bancos de massagem. Uns são associados do clube operário “Linda”, os outros jogam bola em condições de profissionais no clube nobre “International”. Uns casam com uma boa moça, outros têm uma mulher fatal como chamariz. “Os onze escolhidos” foi filmado no verão de 1927, ainda nos dias do cinema mudo. O ator principal foi Gustav Fröhlich, a pessoa que esteve entre as fronteiras do bem e do mal como “Freder” no filme Metropolis de Fritz Lang. Aqui acontece com Gustav Fröhlich a mesma coisa. Ele é o goleiro do clube operário, o torneiro Tommy, amado pela loira Linda. Ela lembra um pouco a Gretchen no Faust de Murnau, levanta o espírito da equipe. “Linda” de forma inocente e é apresentada como o “Anjo dos onze Diabos”. Mac Lawrence – o nome lembra a competência britânica de soccer, é o treinador do “International” e tenta recrutar Tommy. Com dinheiro ele não tem sorte, mas junto com ele entra em ação Vivian, conhecida como “Fã do esporte e dos esportistas”.  Desde o ponto de vista atual deve-se considerar o filme como profético. Isto já começa com um subtítulo inicial: “Futebol, o esporte do século”. Depois aparece uma bola que concentra a luz sobre si como se fosse um objeto sacro.

19h
O Milagre de Berna
(Das Wunder von Bern, Alemanha, 2003)
Direção: Sönke Wortmann
Sinopse – Em 4 de julho de 1954 a seleção de futebol alemã joga a final pelo título mundial. A vitória de Helmut Rahn por 3 a 2 contra os favoritos húngaros significava muito mais que somente ganhar um título no esporte : Muitos alemães vivem este triunfo como o momento do renascer de uma nação. Apesar de ter perdido a segunda guerra mundial, agora podem estar novamente entre os vencedores. A final ganha contribuiu tanto para o sentimento de confiança em si como a reconstrução em andamento do país destruído; o futuro milagre econômico começa a se cristalizar.

Dia 4/06
15h e 17h
Maradona (Maradona, Espanha/Sérvia, 2008)
Direção: Emir Kusturica.
Sinopse – Um retrato íntimo de Diego Armando Maradona, jogador de futebol argentino. Figura vista como polêmica, seja pelo talento no campo, pela língua afiada, o vício em cocaína ou a proximidade aos regimes de esquerda. O diretor Emir Kusturica busca afinal entender quem é este homem.

Dia 5/06
17h
Futebol sob o véu
( Football under Cover, ALE/IRÃ, 2006-2008)
Direção: Ayat Najafi, David Assmann
Sinopse – Teerã em abril de 2006: o primeiro jogo amistoso oficial entre a seleção iraniana de futebol feminino e um time de jovens de um bairro de Berlim é realizado diante de 1.000 mulheres radiantes. As torcedoras deliram, cantam e dançam nas arquibancadas; uma carga imensa de força feminina paira sobre o estádio. Do lado de fora, diante dos portões do estádio: alguns homens tentam dar uma espiada através da cerca. Hoje é proibida a sua entrada. Um ano de trabalho árduo precedeu esse evento – mas no final, após superar inúmeros obstáculos, o jogo é realizado de fato. E esses 90 minutos são mais que um jogo de futebol. Aqui o desejo de independência e justiça irrompe, e algo torna-se evidente: uma mudança é possível.

Dia 6/06
17h
Programa de Curtas
Barbosa
(Brasil, 1988)
Direção: Ana Luiza Azevedo e Jorge Furtado
Sinopse – Trinta e oito anos depois da Copa do Mundo de 1950, um homem volta no tempo a fim de impedir o gol que derrotou o Brasil, destruiu seus sonhos de infância e acabou com a carreira do goleiro Barbosa.

Rádio gogó  (Brasil, 1999)
Direção: José Araripe
Sinopse – Um carioca vai morar na Bahia e, com uma velha Kombi travestida de emissora de rádio, acompanha as peladas de rua e realiza grandes transmissões esportivas.

Gaviões  (Brasil, 1981)
Direção: André Klotzel
Sinopse – Misturando documentário e ficção, o filme é uma crônica do cotidiano da maior torcida organizada do Corinthians.

Loucos de futebol  (Brasil, 2007)
Direção: Halder Gomes
Sinopse – Um documentário que prova por a+b que futebol é muito mais do que 22 machos correndo atrás de uma bola.

Mauro Shampoo – jogador, cabeleireiro e homem  (Brasil, 2006)
Direção: Leonardo Cunha Lima e Paulo Henrique Fontenelle
Sinopse – Cinebiografia de Mauro Shampoo, ex-jogador de futebol e folclórico cabeleireiro da cidade de Recife. Com apenas um gol marcado em toda carreira, alcançou a fama como atleta-símbolo do Ibis Sport Clube, que entrou para o Guiness Book como “O pior time de futebol do mundo de todos os tempos”.

O mundo segundo Silvio Luiz (Brasil, 2000)
Direção: André Francioli
Sinopse – A surpresa e o vazio como desafio para o locutor esportivo.

 


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta