Em Um Mundo Melhor – Cabine Cultural
Cinema

Em Um Mundo Melhor

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Em Um Mundo Melhor

O filme dinamarquês Em Um Mundo Melhor (Hævnen, 2010), vencedor do Oscar de filme estrangeiro em 2011, é, sem sombra de dúvidas, um excelente filme que trabalha algumas questões de valores, e de que nem sempre conseguimos dividir esses valores com outras pessoas, ou pelo menos não com todas as pessoas.

Susanne Bier, diretora do longa, possui e demonstra uma sensibilidade bem visível ao lidar com os temas que se apresentam no filme.  A relação poder/submissão, amor e ódio, e a necessidade de se ter afeição pelo outro são temas muito bem desenvolvidos pela cineasta. Mesmo que não haja concordância sobre o rumo que foi oferecido para a história, fica certo que suas escolhas são bem passíveis de compreensão pelo espectador.

Na trama Anton (Mikael Persbrandt) é um médico que trabalha em um campo de refugiados em um lugar qualquer da África. Na Dinamarca, seu país natal, estão sua mulher Marianne (Trine Dyrholm) e seus dois filhos, Elias (Markus Rygaard) e Morten (Toke Lars Bjarke). Paralelamente, acompanhamos a história do garoto Christian (William Jøhnk Nielsen) que migra para a Dinamarca, ao lado de seu pai Claus (Ulrich Thomsem), logo após a morte da mãe. Dois mundos distintos que irão se cruzar.

Em Um Mundo Melhor

Esse é o terceiro filme em que a diretora Susanne Bier e o ator Ulrich Thomsen trabalharam juntos. Os outros dois foram o interessante Sekten (1997) e o mais que interessante Brothers (2004), que inclusive ganhou uma versão americana protagonizada por Jake Gyllenhaal. E esse é o quarto filme em que a diretora Susanne Bier e o roteirista Anders Thomas Jensen trabalham juntos. Os demais foram Corações Livres (2002), Brothers (2004) e Depois do Casamento (2006). A dinâmica dos dois mostra-se cada vez melhor, culminando no que acredito ser o grande filme da dupla, este ótimo Em Um Mundo Melhor.

Um filme sobre amizades e laços familiares, muito interessante, que merece ser visto o quanto antes.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta