Festival CINESomBA – Cabine Cultural
Agenda

Festival CINESomBA

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Karina Buhr participa do Festival

Cinema que dialoga com a música, música que dialoga com o cinema; cineasta que faz música, músico que faz cinema; videoclipe, a mais clara junção entre as duas linguagens. Esse é o mote do festival CINESomBA, que ocorrerá entre os dias 14 e 16 de junho (sexta a domingo), das 9 às 22 horas, no Complexo Cultural dos Barris, em Salvador, com entrada franca.

Mostras e instalações, além de exibições audiovisuais em videomapping e transmissão de jogo do Brasil, estão na programação. Na lista de filmes, traços da música da Bahia aparecem em curtas, médias e longas-metragens. Ao final de cada dia, um show encerra as atividades em conexão com o que foi visto nas telas, trazendo André Luiz Oliveira, Marcia Castro, Curumin, Anelis Assumpção, Karina Buhr, Mariella Santiago e Moreno Veloso. O evento integra o Cultura em Campo, calendário de atrações promovidas pela Secretaria de Cultura do Estado (SecultBA) para divulgar a produção artística local durante a Copa das Confederações da FIFA Brasil 2013.

Diariamente, durante todo o horário do evento, visitantes vão se deparar com uma instalação sonora com obras de Arto Lindsay, ícone da cena musical brasileira com diversas influências, entre elas o Tropicalismo e o jazz americano. Também todos os dias, a partir das 18h30, videoclipes baianos dos mais variados estilos, do rock ao pagode, da MPB ao arrocha, serão exibidos na fachada da Biblioteca e, em seguida, os VJs Jan Cathalá e Caetano Britto também fazem suas projeções em videomapping, com roteiro e pesquisa musical dos DJs EdBrass e Maira Cristina.

Anelis, Karina, Marcia e Curumin prestam homenagem aos Novos Baianos

Após a movimentação nas salas de cinema, é a vez do palco, montando no Quadrilátero, acolher os shows da noite. No dia 15, a partir das 19 horas, Marcia Castro, Curumin, Anelis Assumpção e Karina Buhr se reúnem para homenagear os Novos Baianos. Já no dia 16, às 20 horas, fechando as atividades do CINESomBA, um tributo a Caetano Veloso na apresentação de Mariella Santiago e Moreno Veloso.

INÉDITO
A grande atração do evento promete ser a exibição, no dia 14, às 19 horas, de uma edição especial de A Mensagem de Fernando Pessoa – Mito e Música, do cineasta baiano André Luiz Oliveira, que também apresentará, às 21 horas, o show A Mensagem, em homenagem a Fernando Pessoa, com participação da fadista portuguesa Gloria de Lourdes e também de Mariella Santiago, sintetizando a proposta de trânsito e sintonia entre as artes do CINESomBA. O registro das 44 músicas correspondentes a cada poema do mítico livro Mensagem, único concluído e publicado por Pessoa em vida, é um projeto desenvolvido por André Luiz ao longo de 28 anos, iniciado em 1985 e ainda em fase de finalização. O público terá o privilégio de conferir uma versão da “obra em andamento”, em primeiríssima mão.

CACAU DO PANDEIRO
Completam a programação de exibições, sempre durante a tarde, outros documentários praticamente inéditos na cidade, como Sonora Rio-Bahia, de Jasmin de Britto Pinho, sobre a trajetória de quatro jovens mulheres que transformaram a música em aprendizado em suas comunidades; Cacau do Pandeiro – O Mundo na Palma da Mão, de Márcio Santos, uma cinebiografia de Carlos Lázaro da Cruz, o grande instrumentista baiano; e o curta Brasilianos, de Claudia Chávez, ambientado nos bastidores do Núcleo Estadual de Orquestras Juvenis e Infantis da Bahia, o pioneiro projeto NEOJIBA. Há ainda espaço para resgates históricos e clássicos do cinema nacional. Caso de Os Doces Bárbaros, realizado em 1977 por Jom Tob Azulay, com Caetano Veloso, Gilberto Gil e Gal Costa; a produção para TV Samba Reggae: A Arma É Musical, de Maira Cristina; o raríssimo registro da banda de rock soteropolitana Úteros em Fúria, em Úteros em Fúria – Uma Videobiografia (Chico Castro Jr.); e Efeito Bogary (Rodrigo Luna e Renato Gaiarsa), documentário contando a trajetória de concepção, produção, gravação, lançamento e difusão do álbum Bogary (2006), do grupo de rock baiano Cascadura.

Mariella Santiago

CURTAS
Entre outras pérolas dos mais variados ritmos e cenas musicais da Bahia, estão os curtas O Alquimista do Som (José Walter Lima), CUCETA – A Cultura Queer de Solange Tô Aberta (Claudio Manoel), Hip Hop com Dendê (Fabíola Aquino e Lilian Machado) e O Novíssimo Baiano – Rafael Pondé (Hélio Rodrigues), e os médias e longas A Loucura Perde (Alexandre Guena), O Irrecuperável (Marcela Bellas) e Filhos de João – Admirável Mundo Novo Baiano (Henrique Dantas).

SERVIÇO
CINESomBA
14 a 16 de junho (sexta a domingo), das 9 às 22 horas
Complexo Cultural dos Barris (Rua General Labatut, 27 – Barris, Salvador/BA)
Entrada franca


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta