Festival de Veneza divulga seleção oficial – Cabine Cultural
Notícias

Festival de Veneza divulga seleção oficial

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Gravity

A organização do Festival de Veneza anunciou quinta-feira passada (25), a seleção oficial de sua 70ª edição, que acontece de 28 de agosto a 7 de setembro. Nenhum filme brasileiro entrou na competição oficial. A coprodução com a França Amazônia, filme em 3D todo rodado no norte do país, encerrará o evento, também fora da competição oficial – Gravidade, de Alfonso Cuarón, com George Clooney e Sandra Bullock foi escolhido para a abertura.

DESTAQUES
Entre os destaques do festival estarão vários diretores conhecidos como “malditos”, como Terry Gilliam, que aparece com seu The Zero Theorem, e Jonathan Glazer, que não filmava havia dez anos, desde o fracasso de Reencarnação – mostrará o drama Under the Skin. David Gordon Green, último vencedor do Urso de direção em Berlim por Prince Avalanche agora exibe Joe, com Nicolas Cage. O mestre da animação japonesa Hayao Miyazaki deve ser uma das grandes atrações, com Kaze Tachinu, filme de guerra que acabou de estrear em seu país.

Moebius

Apesar de ainda ter na competição nomes como Amos Gitai (Ana Arabia), Stephen Frears (Filomena), James Franco (Child of God) e Errol Morris (The Unknown Known: the Life and Times of Donald Rumsfeld), o festival ficou devendo uma seleção mais poderosa. Entre as ausências, Her, de Spike Jonze, The Butler, de Lee Daniels, e 12 Years a Slave, de Steve McQueen.

O longa Night Moves, de Kelly Reichardt, cineasta independente americana, com Jesse Eisenberg, foi financiado em parte pela RT Features, do brasileiro Rodrigo Teixeira –é a segunda produção internacional da empresa. “É muito importante entrar na competição de um grande festival internacional. É o ponto alto do filme, ainda mais quando é um filme independente com características mais artísticas“, diz o produtor.

Bernardo Bertolucci, presidente do Júri em 2013

COMPETIÇÃO OFICIAL
Es-Stouh
, de Merzak Allouache (Argélia/França)
L’intrepido, de Gianni Amelio (Itália)
Miss Violence, de Alexandros Avranas (Grécia)
Tracks, de John Curran (Reino Unido/Austrália)
Via Castellana Bandiera, de Emma Dante (Itália/França/Suiça)
Tom at the Farm, de Xavier Dolan (Canadá/França)
Child of God, James Franco (EUA)
Philomena, de Stephen Frears (Reino Unido)
La Jalousie, de Philippe Garrel (França)
The Zero Theorem, de Terry Gilliam (Reino Unido/EUA)
Ana Arabia, de Amos Gitai (Israel/França)
Under the Skin, de Jonathan Glazer (Reino Unido/EUA)
Joe, de David Gordon Green (EUA)
Die Frau des Polizisten, de Philip Groning (Alemanha)
Kaze tachinu, de Hayao Miyazaki (Japão)
The Unknown Known: the Life and Times of Donald Rumsfeld, de Errol Morris (EUA)
Night Moves, de Kelly Reichardt (EUA)
Sacro GRA, de Gianfranco Rosi (Itália)
Jiaoyou, de Tsai Ming-liang (Taiwan-França)
Parkland, de Peter Landesman (EUA)

Bernardo Bertolucci

FORA DE COMPETIÇÃO
Gravidade
, de Alfonso Cuarón (EUA)
Space Pirate Captain Harlock, de Aramaki Shinji (Japão)
Moebius, de Kim Ki-duk (Coreia do Sul)
Locke, de Steven Knight (Reino Unido)
Yurusarezaru mono, de Lee Sang-Il (Japão)
Wolf Creek 2, de Greg McLean (Austrália)
Die Andere Heimat – Chronik einer Sehnsucht (Home from Home – Chronicle of a Vision), de Edgar Reitz (Alemanha)
The Canyons, de Paul Schrader (EUA)
Che strano chiamarsi Federico Scola racconta Fellini, de Ettore Scola (Itália)
Walesa. Czlowiek z nadziei, de Andrzej Wajda, Ewa Brodzka (Polônia)
Summer 82 When Zappa Came to Sicily, de Salvo Cuccia (Itália/EUA)
Pine Ridge, de Anna Eborn (Dinamarca)
The Armstrong Lie, de Alex Gibney (EUA)
Ukraina ne Bordel, de Kitty Green (Austrália)
Amazônia, de Thierry Ragobert (França/Brasil) (Encerramento)
Feng Ai, deWang Bing (Hong Kong/China/França/Japão)
At Berkeley, de Frederick Wiseman (EUA)

Fonte: Folha de São Paulo

 


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta