Cuíca de Santo Amaro no Vi-Vendo Imagens – Cabine Cultural
Agenda

Cuíca de Santo Amaro no Vi-Vendo Imagens

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Cuica de Santo Amaro

O projeto Vi-Vendo Imagens – um olhar sobre o cinema baiano exibe em pré-estreia no circuito acadêmico do filme documentário de longa metragem Cuíca de Santo Amaro, no dia 06/06, terça-feira, às 17h, na sala de videoconferência da Universidade Federal da Bahia, no PAF 3, campus de Ondina.

O filme entrará em cartaz no dia 9 de agosto em salas de Salvador, no Shopping Iguatemi, no Circuito Sala de Arte e no Espaço Itaú Glauber Rocha. A partir do dia 15 de agosto até o final de novembro, o filme será exibido em 29 cidades do interior, cobrindo todas as regiões da Bahia.

Cuica de Santo Amaro

O FILME
O documentário, dirigido por Joel Almeida e Josias Pires, sintetiza a pesquisa realizada a partir de relatos orais de 50 pessoas que tiveram algum tipo de contato com Cuíca e de cerca 300 folhetos – os livrinhos de histórias, como foram chamados na sua época – e traz imagens de arquivos de Salvador e do Recôncavo. O filme utiliza também recursos de animação, inspirados num encontro do escritor Orígenes Lessa com o trovador repórter, ocorrida no dia 10 de junho de 1955. Algumas das imagens de época pesquisadas eram inéditas, como trechos filmados sob a coordenação de Alceu Maynard de Araújo, em 1947, encontradas na Cinemateca, SP. O filme valeu-se particularmente dos estudos feitos por Edilene Matos, Mark Curran, de precisas indicações do poeta Carlos Cunha e de todos os que compartilharam suas memórias e sentimentos da época.

Concluído em janeiro de 2012, Cuíca foi selecionado para o 17o. Festival Internacional de Documentários é Tudo Verdade (02 exibições no Rio de Janeiro e 02 em São Paulo); V Festival do Cine Latino-americano e Caribenho de Margarita (Venezuela); Festival Internacional de Cinema de Arquivo, Arquivo Nacional, RJ; 16a Mostra de Cinema de Tiradentes, MG; 3o. Cachoeira Doc; VIII Cine Futuro (avant-première em Salvador) e projeto Cinema no Telhado, Luanda Angola/Instituto Goethe.

FICHA TÉCNICA
Direção – Joel de Almeida e Josias Pires
Produção Executiva – Adler Paz, Bau Carvalho e Lula Oliveira
Direção de Arte – Ian Sampaio
Montagem – Bau Carvalho
Direção de Produção – Luciana Freitas e Marise Berta
Direção de Fotografia – Paulo Hermida
Direção Musical – Tuzé de Abreu
Som direto – Rodrigo Alzueta e Napoleão Cunha
2012 – 75 minutos.

 


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta