Daniela Mercury e a SalvaDOR – Cabine Cultural
Notícias

Daniela Mercury e a SalvaDOR

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Salvador

Com um ex-prefeito omisso e mal avaliado durante oito anos (culpa total dos soteropolitanos!) e cheia de problemas, a capital baiana perde, mais uma vez, para Fortaleza e outras capitais mais atraentes o posto de cidade mais visitada por turistas. Era mais do que esperado depois que a população de Salvador ter reeleito o pior prefeito da história de Salvador. Era uma esperança contra o Carlismo e após eleito se mostrou um péssimo…

Primeira capital brasileira, porta de entrada do Nordeste, aos 464 anos Salvador está ficando para trás. Literalmente. Além da segurança e da limpeza urbana, preocupações constantes em Salvador, três temas fazem os baianos esquentarem a cabeça ultimamente: a sujeira e desorganização da orla marítima, o abandono do centro histórico e o caótico trânsito.

Para quem já teve a oportunidade de sobrevoar de avião a cidade, Salvador virou uma enorme e feia favela. Outro cartão-postal de Salvador, o centro histórico também virou um espanta-turistas. Com algumas ruas do entorno do Pelourinho tomadas por usuários de crack, a região é evitada até mesmo por moradores da capital, além dos lojistas reclamarem de uma queda de mais de 70% do movimento nos últimos três anos. O governo é proprietário de centenas de imóveis na região, alugados exclusivamente para uso comercial e de serviços, o que não confere vitalidade à região, além disso, os comerciantes, a propósito, são contrários à ideia de atrair moradores para o centro antigo.

Daniela Mercury

Para completar, a sina de ser morador de Salvador, não existe nenhum tipo de mobilidade urbana atualmente. Perde-se mais tempo no trânsito do que fazendo outras coisas. Com a promessa da reconstrução da Arena Fonte Nova, os políticos mentirosos prometeram resolver vários problemas urbanos, contudo, NADA foi feito no entorno do estádio. Especialistas questionam ainda o traçado do metrô que ainda não funciona que ligará o subúrbio ao terminal da Lapa, trecho onde não há grande fluxo de automóveis. Recentemente, até a cantora Daniela Mercury andou soltando a voz para falar de Salvador. E ainda querem que a gente fique por aí dizendo como é lindo morar nessa terra de acarajé com cocô!

Elenilson Nascimento – dentre outras coisas – é escritor, colaborador do Cabine Cultural e possui o excelente blog Literatura Clandestina.

 


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta