Lançamento do primeiro CD em formato digital da Banda Suinga
Notícias

Lançamento do primeiro CD em formato digital da Banda Suinga

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Suinga – Capa do álbum Recomeço

Quinta-feira (21 de novembro) a banda baiana Suinga finalmente lançará o seu primeiro disco, com 11 faixas que poderão ser ouvidas em diversas plataformas de rádio digitais.

AUDIÇÃO ONLINE GRATUITA
Recomeço, além de ser também o título da canção que encerra o disco, representa as novas possibilidades para a sonoridade do grupo, que em três anos emplacou hits como Sorvete de Cajá, Tonho Miserê e Pepeu no Mar. As letras despojadas e as referências ao cotidiano da cidade de Salvador continuam lá, além da irreverência de Fox, vocalista, com seu visual que tornou a banda um sucesso desde seu surgimento.

O álbum conta com 11 faixas inéditas, algumas já conhecidas do público, como A Maré tá Boa, Sacolão e a faixa-título. Lançado em formato virtual, o disco estará disponível para audição online gratuita em plataformas digitais de rádio e de distribuição de música, tais como Grooveshark, Deezer e Rdio. A ideia é liberar para audição em streaming e colocar o disco à venda em lojas como iTunes e Amazon, inicialmente sem liberar o CD para download gratuito.

ÁLBUM
O álbum foi produzido por Fox em parceria com Irmão Carlos, gravado no seu estúdio, Caverna do Som, em Salvador. A masterização ficou por conta de Fernando Sanches, conhecido por seus trabalhos com talentos como Criolo e Karina Buhr. As 11 faixas do disco são autorais e frutos da colaboração de Fox com músicos parceiros como Dinho e Marceleza de Castilho, entre outros.

Fox (Suinga) (foto de Nathália Miranda)

Recomeço conta com várias participações de músicos que fizeram parte da trajetória da Suinga ao longo destes três anos. Marceleza, membro fundador da banda, gravou as guitarras da faixa Morena Beleza. Morotó Slim (Retrofoguetes) gravou guitarra baiana em Molhadinha da Boca, Dimazz gravou guitarra em Donna, e Andel Falcão (Callangazoo) gravou violão em Dengo. Teago Oliveira (Maglore) gravou palmas em Pombo Sujo, e Diego Cerqueira e Felipe Dieder (Maglore) gravaram a percussão e bateria de todo o disco, respectivamente. A estreante cantora Isadora Sebadelhe faz dueto com Fox em Dengo, Juracy Bemol (OSBA) emprestou seu trompete em Recomeço, e Francisco Matos o seu violino a faixa Donna.

BANDA
Idealizada por Diego Fox (guitarra e voz) e Marceleza de Castilho em 2010, a Suinga faz música popular tendo como principal referencial a cultura baiana. Criados no burburinho do carnaval baiano, os integrantes do grupo viveram o nascimento, a explosão e a massificação do gênero tido, hoje, como axé music, o que os inspirou a experimentar e fazer releituras com base nas misturas oferecidas pela riqueza desse ritmo.

Fox (Suinga) – (foto de Nathália Miranda)

Com um EP já gravado, produzido por Jorge Solovera, e com três anos de existência, a Suinga já tocou nos principais palcos de Salvador, além do Festival Lado BA, no Projeto Intercenas em Feira de Santana-BA, no Circuito Osmar e na Mudança do Garcia do Carnaval 2011, e no Carnaval de Maragogipe. Pelo Coletivo Fora do Eixo, a Suinga fez parte do projeto Folia Fora do Eixo e do Festival Suiça Baiana, em Vitória da Conquista-BA, além de shows no Studio SP e na Casa Fora do Eixo de São Paulo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta