Festival de Animação Espanhola Contemporânea no Instituto Cervantes
Agenda

Festival de Animação Espanhola Contemporânea no Instituto Cervantes

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O Festival de Animação Espanhola Contemporânea acontece no Auditório do Instituto Cervantes (Avenida. Sete de Setembro, 40130-100, Salvador Bahia) e reúne uma mostra das últimas produções espanholas, oferecendo uma ideia da pluralidade e riqueza desta vertente, com propostas visuais bastante distintas entre si. Dias 5 e 12 de dezembro, às 19 horas, e a entrada é gratuita.

A animação é uma das revelações do cinema espanhol contemporâneo. A indústria espanhola inicia a criação de suas propostas graças ao ressurgimento dos antigamente denominados “desenhos animados”, enchendo as salas de cinema de pessoas interessadas em histórias que nos transportam ao mundo da fantasia.

Esta vertente do cinema polarizou os pólos de criação, hoje os estúdios se localizam na Catalunha, em Madri, Andaluzia e Galícia, respaldados por grandes produtoras convencidas de que a animação é uma das possibilidades mais férreas do cinema do futuro. Muitos festivais espanhóis de programação generalista, como o Festival de Gijón e o famoso Festival de Málaga, abriram sessões exclusivas para apresentar obras de animação.

Arrugas (Rugas)

PROGRAMAÇÃO
Arrugas (Rugas) – 05 de dezembro – 19 horas.
Emilio e Miguel são dois senhores reclusos em um asilo. Emilio acaba de chegar à residência em estado inicial de Alzheimer e será ajudado por Miguel e outros companheiros para não terminar no andar superior do asilo, o temido andar dos gravemente enfermos. Seu plano maluco acaba trazendo momentos divertidos e ternos ao dia-a-dia da residência.

Rugas é um longa em 2D baseado no aclamado quadrinho de mesmo título de Paco Roca, que recebeu o prêmio nacional de Comic em 2008.

Maria y yo (Maria e eu) – 12 de dezembro – 19 horas.
Maria vive com sua mãe, May, nas Ilhas Canárias, a 3000 km de Barcelona, onde vive seu pai, Miguel Gallardo. ÀS vezes Miguel e Maria viajam juntos de férias e desta vez irão passar uma semana em um resort no sul de Gran Canária. Esta é a história de uma viagem, e, sobretudo um relato original e cheio de humor, ironia e sinceridade sobre como se convive com uma deficiência.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta