Exposições em Belo Horizonte apresentam o passado e o presente de peças íntimas femininas
Agenda

Exposições em Belo Horizonte apresentam o passado e o presente de peças íntimas femininas

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Lingerie – Crédito: Shutterstock.com

A Fundação Municipal de Cultura abre ao público nesta terça-feira, dia 17, no Centro de Referência da Moda de Belo Horizonte (CRModa) duas exposições que apresentam peças íntimas femininas bordadas à mão em meados do século XX e nos dias atuais. A mostra Bordadas Memórias de Sutis Lembranças, com curadoria de Marília Salgado, traz ‘camisolas do dia’ e outras peças bordadas nas décadas de 1950 a 1970. Já a exposição Tramas e Bordados – Ontem e Hoje, coordenada pelo renomado estilista Renato Loureiro, apresenta peças íntimas e camisolas bordadas à mão em uma oficina realizada no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do bairro Aarão Reis. As duas mostras têm entrada gratuita.

A mostra histórica Bordadas Memórias de Sutis Lembranças retrata a tradição genuinamente brasileira da ‘camisola do dia’, peça mais importante do enxoval da noiva em meados do século XX. A camisola do dia era confeccionada primorosamente por algum parente da noiva (mãe, tia ou avó), hábil na agulha, ou ainda por um profissional reconhecido. A peça era cuidadosamente planejada para ressaltar o recato da noiva e, ao mesmo tempo, para seduzir o noivo em sua primeira noite de intimidade.

Lingerie – Crédito: Shutterstock.com

Na exposição o público poderá ver cerca de setenta camisolas, robes de chambre, liseuses, calcinhas e combinações confeccionadas em seda pura, em sua grande maioria, mas também em cambraia de linho ou de algodão, e até mesmo algumas em poliéster, tecido sintético lançado no Brasil na década de 1960, mas que não vingou em nosso país devido ao clima tropical.

PEÇAS DO PRESENTE
Em uma sala anexa, o estilista Renato Loureiro apresenta a mostra Tramas e Bordados – Ontem e Hoje, trazendo um olhar contemporâneo dos bordados em peças íntimas. Durante os últimos dois meses, Loureiro orientou bordadeiras em uma oficina realizada no Centro de Referência de Assistência Social do bairro Aarão Reis.

Todas as peças trazidas pelo estilista foram bordadas à mão nesta oficina. São calcinhas, sutiãs e camisolas que, segundo Loureiro, não têm a pretensão de serem peças perfeitas.

SERVIÇO
Bordadas Memórias de Sutis Lembranças
Tramas e Bordados – Ontem e Hoje

Abertura | dia 17 de dezembro
Visitação | segundas, das 10 às 19h; terça a sexta, das 10h às 21h

Centro de Referência da Moda de Belo Horizonte
Rua da Bahia, 1.149, Centro
Gratuito

Créditos imagem 1: Shutterstock Vintage Corset
Créditos imagem 2:
Shutterstock Black Lingerie


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta