17ª edição Mostra de Cinema de Tiradentes começa nesta sexta
Agenda

17ª edição Mostra de Cinema de Tiradentes começa nesta sexta-feira

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

17ª edição Mostra de Cinema de Tiradentes começa nesta sexta-feira

Considerada a maior plataforma de lançamento do cinema nacional, a Mostra de Cinema de Tiradentes, em Minas Gerais, chega à sua 17ª edição. Entre 24 de janeiro e 1º de fevereiro, serão exibidos 29 longas-metragens, distribuídos em sete mostras conceituais em três espaços de exibição na histórica cidade mineira.

A sessão de abertura será com o inédito Quando Eu Era Vivo, de Marco Dutra. No encerramento, serão exibidos dois filmes convidados pela curadoria: o curta-metragem Linguagem, de Luiz Rosemberg Filho, e o média Já Visto, Jamais Visto, de Andrea Tonacci.

O evento também terá oficinas, debates, seminário, exposições, lançamento de livros, teatro de rua, shows musicais, performance, encontros e diálogos, atrações artísticas para um público estimado em mais de 35 mil pessoas. Toda a programação é gratuita.

Na seleção geral estão filmes cariocas, paulistas e mineiros, além de produções de Bahia, Paraíba, Pernambuco e Paraná. A Mostra Autorias exibe nesta edição duas pré-estreias: Exilados do Vulcão, primeiro longa-metragem de ficção de Paula Gaitán – vencedor da categoria de melhor filme e som no Festival de Brasília 2013 – e Passarinho Lá de Nova Iorque, em pré-estreia nacional, do carioca Murilo Salles.

Quando eu era vivo abre a Mostra de Cinema de Tiradentes

A mostra traz ainda O Homem das Multidões, parceria do mineiro Cao Guimarães com o pernambucano Marcelo Gomes, que ganhou o troféu de melhor direção no Festival do Rio.

O evento ainda terá outras seis mostras. A Mostra Transições é dedicada a diretores em início de carreira com olhar original. A Mostra Sui Generis, criada na Mostra de Tiradentes no ano passado, contempla propostas de estilo próprio, fugindo do senso comum.

A Mostra Praça deste ano inclui produções aguardadas pelo público, como o documentário Cidade de Deus – 10 Anos Depois, de Cavi Borges e Luciano Vidigal, que investiga o destino dos atores do aclamado filme de Fernando Meirelles uma década após seu lançamento.

A Mostra Aurora tem sete longas-metragens inéditos e disputam o Júri da Crítica, o Júri Jovem e o Prêmio Itamaraty. A Mostra Homenagem tem dois longas inéditos, em homenagem ao ator Marat Descartes: Quando Eu Era Vivo, de Marco Dutra, na abertura, e Uma Dose Violenta de Qualquer Coisa, de Gustavo Galvão. Mantendo a tradição de exibir filmes para o público infantil, a Mostrinha deste ano contará com dez produções.

SERVIÇO
17ª Mostra de Cinema de Tiradentes

24 de janeiro a 1º de fevereiro de 2014
São três espaços de exibição: o Cine BNDES na Praça, no Largo das Fôrras (espaço para mais de mil espectadores); o Complexo de Tendas, que sedia a instalação do Cine-Tenda (com 700 lugares), e o Cine-Teatro (com plateia de 150 lugares), que funciona no Sesi Tiradentes – Centro Cultural Yves Alves – sede do evento.
Entrada gratuita


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta