Os melhores castelos do mundo Parte Um
Fotografia

Os melhores castelos do mundo Parte Um

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Château de Peleș, Sinaia, Roumanie.

Pensando no quanto este assunto desperta o interesse no público que o site Off to Europe listou os 25 melhores castelos da Europa

Os castelos certamente estão no imaginário de qualquer admirador da história. É incrível o quão grandiosos e ricos historicamente eles o são, desde o mais antigo até os mais famosos, todos guardam um bom pedaço de nossa história. Vivenciaram guerras, alguns muitas – vários foram destruídos por conta delas. Os castelos sobreviventes hoje são objetos de adoração, contemplação e, alguns, de visitação.

Pensando no quanto este assunto desperta o interesse no público que o site Off to Europe listou os 25 melhores castelos da Europa. Não iremos aqui nos prender a essa lista, simplesmente mostraremos nesta primeira parte muitos deles, e outros que também consideramos os mais bonitos do mundo. Aprecie essa fantástica jornada pela rica história de nosso planeta.

Castelo Ksiaz

O primeiro castelo é de Ksiaz. Ele também é conhecido como a Pérola da Baixa Silésia e foi construído no século XIII por Bolko I (segundo filho de Boleslau II, o Calvo).

O castelo foi arrasado pelas diversas guerras ao longo do tempo e também foi reconstruído muitas vezes. Foi uma vez confiscado pelos nazistas e, em seguida, ocupado pelo Exército Vermelho.

Castelo de Malbork

O Castelo de Malbork, listado como Patrimônio da Humanidade em 1997, foi fundado na Prússia, em 1274 pela Ordem Teutônica. Hoje, este complexo gótico de tijolos pode ser visitado fazendo uma viagem curta, a 60 minutos de Gdansk, na Polônia.

Construído por Siegfried von Feuchtwangen, o castelo encontra-se em posição dominante sobre a margem direita do rio Nogat, afluente do Vístula, sendo assim acessível aos navios mercantes e às barcaças. Este era inicialmente um convento, depois transformado num castelo com todos os efeitos. Em constante evolução durante quase duzentos e trinta anos, o castelo é o exemplo clássico duma fortaleza medieval.

Aquando da sua conclusão, em 1406, era o maior castelo gótico de tijolos no mundo1 . Entre 1309 e 1454 foi o castelo-sede do Grão-Mestre da Ordem Teutónica no Estado da Prússia Oriental.

Castillo de Coca

O Castelo de Coca ou Castillo de Coca, construído no século XV pelo Arcebispo de Sevilha, é considerado um dos melhores castelos da Espanha. Sendo um excelente exemplo dos estilos Gótico e Mudéjar, o Castelo de Coca encontra-se na cidade de Coca, na província de Segóvia, na Espanha.

O Castelo de Coca, de estilo gótico-mudéjar espanhol, localiza-se na Província de Segóvia, no centro-oeste da Espanha. Foi edificado por Dom Alonso de Fonseca, Arcebispo de Sevilha, em meados do século XV.

O Castelo de Peleş é conhecido como um dos mais belos castelos da Europa, e pode ser descoberto nas majestosas Montanhas dos Cárpatos, perto da cidade de Sinaia, na Romênia. São 168 quartos no castelo, e apenas 35 são acessíveis ao público.

Castelo de Bojnice

O Castelo de Bojnice fica em Bojnice, na Eslováquia. O castelo remonta ao século XII e abriga um dos museus mais populares do país. É possível casar-se no Castelo de Bojnice.

O castelo foi mencionado pela primeira vez no ano de 1113, em um documento que se encontra hoje na Abadia de Zobor. Originalmente construído como uma fortaleza de madeira, que foi gradualmente substituída por pedra, Bojnice pertenceu primeiro a Maté Csák, que o recebeu, em 1302, do rei Ladislau V da Hungria.

Castelo de Brodick

O Castelo de Brodick, situado na Ilha de Arran, na Escócia, é um dos mais antigos. Suas raízes remontam ao tempo dos vikings e foi, na verdade, construído como uma proteção contra eles.

Foi para os duques ingleses de Hamilton que a fortaleza foi construída, e ao longo dos séculos, gerações da família viveram no castelo. Em 1957, o último herdeiro dos Hamilton abriu mão do castelo e agora os turistas podem visitá-lo.

O local foi alegadamente um posto viking, mais tarde tomado pelos Lordes de Isles. Passou para a família Stewart, sendo saqueado duas vezes pelos ingleses no século XIV, queimado em 1528 nas lutas feudais entre os clãs Campbell e Maclean e novamente pelo conde de Lennox.

Castelo Veliki Tabor

O Castelo Veliki Tabor, construído no século XII e agora um membro Património Mundial da UNESCO, fica na bela região de Zagorje, na Croácia. O castelo já foi propriedade da nobre família Ratkaj e do pintor Oton Iveković. O Castelo fica a poucos quilômetros mais ao sul de Krapina.

A lenda diz que era um lugar bárbaro onde ocorreu a tragédia de amor entre a jovem camponesa, Veronika Desinicka e Friedrich Celjski. O telhado é composto de doze diferentes materiais. Este castelo é propriedade do Estado, que gerenciá-la como um museu e um centro turístico.  Antes foi propriedade real na época do Rei Matthias Corvinus I.

Castelo de Bran

O Castelo de Bran, originalmente construído pelos cavaleiros da Ordem Teutônica, em 1212, fica nos limites de Bran, na Romênia. Situado nas colinas, esse castelo pitoresco tem laços estreitos com a lenda do Drácula e foi convertido em um museu popular entre os turistas que visitam a área.

É um monumento nacional e marco histórico da Roménia. A fortaleza situa-se na fronteira entre a Transilvânia e a Valáquia, pela estrada 73, encravado na floresta no sopé dos Cárpatos.

Castelo de Lincoln

O Castelo de Lincoln fica em Lincolnshire e foi construído em 1068. Tal como acontece com muitos outros castelos europeus, esse castelo é rico em história, mas se distingue dos outros por ser um dos únicos dois castelos do país que foram originalmente construídos em dois mottes (montes de terra largos e nivelados, geralmente com 50 pés de altura).

Recentemente um grupo de arqueólogos estava trabalhando na restauração do Castelo de Lincoln quando uma descoberta notável foi realizada: um sarcófago que possuía no seu interior o corpo de alguém terrivelmente importante. Especula-se que o corpo possa ser de um antigo rei anglo-saxão ou de um bispo de muito prestígio.

Castelo Eltz

O Castelo Eltz fica situado nas colinas entre Koblenz e Trier, na Alemanha Ocidental. É um dos mais bem preservados castelos medievais da Alemanha e tem sido propriedade da mesma família por mais de 800 anos.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta