Cinema brasileiro bem representado no Festival de Berlim
Notícias

Cinema brasileiro bem representado no Festival de Berlim

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Festival de Berlim 2014

Praia do Futuro, de Karim Aïnouz, Hoje eu Quero Voltar Sozinho, de Daniel Ribeiro, O Homem das Multidões, de Cao Guimarães e Marcelo Gomes, e Castanha, de Davi Pretto, integram a seleção oficial do Festival.

Com início marcado para o próximo dia 6 de fevereiro, o Festival de Berlim dá destaque ao cinema brasileiro com a seleção de quatro longas-metragens. Produzidos por empresas associadas, os filmes são apoiados pelo Programa Cinema do Brasil por meio de seus produtores e também dos seus agentes de venda internacionais.

O presidente do Programa, André Sturm, afirma: “O resultado é excelente para o Programa e também para o cinema brasileiro. O aumento da participação dos nossos filmes em grandes festivais estrangeiros é um dos objetivos do Cinema do Brasil, já que esses eventos são as melhores vitrines que um filme pode ter para ser distribuído no exterior. E o Brasil não tinha um filme concorrendo ao Urso de Ouro desde 2008, com Tropa de Elite”.

Concorrendo ao Urso de Ouro, o filme Praia do Futuro foi produzido pela brasileira Coração da Selva em parceria com as alemãs Hank Levine Film, Detailfilm, Watchmen Productions, e terá suas vendas internacionais representadas pela The Match Factory.

Fora da competição, o Brasil também ganhou destaque nas seleções paralelas do Festival. Da mostra Panorama, que tradicionalmente apresenta obras com estilos temas pouco convencionais, participam O Homem das Multidões, produzido pela REC Produtores Associados, de Pernambuco, e Cinco em Ponto, de Minas Gerais, e Hoje eu quero voltar sozinho da paulistana Lacuna Filmes, representado pela alemã Films Boutique; já o Forum, dedicado a obras de experimentação, contará com a participação de Castanha produzido pelas gaúchas Tokyo Filmes e Casa de Cinema de Porto Alegre, além da FiGa Filmes, que também assume as vendas internacionais de ‘O Homem das multidões’.

Por fim, o projeto As Boas maneiras, dirigido por Juliana Rojas e Marco Dutra, representado por Sara Silveira, da Dezenove Som e Imagens, foi selecionado para o Co-Production Market, mercado do festival destinado ao encontro de potenciais parcerias.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta