Obra de Marcel Pagnol é mote do espetáculo A Mulher do Padeiro
Agenda

Obra de Marcel Pagnol é mote do espetáculo A Mulher do Padeiro

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A mulher do Padeiro – Foto de Julio Appel

A peça A Mulher do Padeiro, com direção de Ramiro Silveira, dramaturgia de Ismael Caneppele e concepção e atuação de Evandro Soldatelli, volta aos palcos em nova temporada a partir do dia 15 de fevereiro na Cia de Arte. A montagem recebeu duas indicações ao Açorianos de Teatro 2013, nas categorias Melhor Ator, Melhor Cenografia (Zoé Degani) e Melhor Iluminação (Nara Maia).

Na montagem, baseada no roteiro original, de Marcel Pagnol, publicado em 1938 (também conta com uma versão para o cinema), a traição da mulher e seu amante é contada pelo ponto de vista do padeiro que deixa de fazer pães para os habitantes de sua vila após a fuga de sua esposa.

O diretor Ramiro Silveira revela:

“A clássica obra de Marcel Pagnol, La Femme du Boulanger, foi um ponto de partida para redescobrirmos sensações, experimentadas por alguém que é abandonado. E navegando por diversas camadas de percepção, um alguém que se permite estar nos três papéis que definem esta história: o marido, a mulher e o amante”.

A dramaturgia se deu através do processo de pesquisa. O escritor e ator Ismael Caneppele integrou o projeto, construindo o texto através da concepção de pesquisa de Soldatelli.

A mulher do Padeiro – Foto de Julio Appel

A Mulher do Padeiro tem sessões sábados e domingos, às 21h, na Cia de Arte. Ingressos a R$ 20,00, com 50% de desconto para idosos, estudantes e classe artística.  A temporada segue até 02 de março.

SERVIÇO
A Mulher do Padeiro

De 15 de fevereiro a 02 de março
Sábados e domingos, 21h
Cia de Arte – Rua dos Andradas, 1780, Porto Alegre
Ingressos a R$ 20,00 – descontos de 50% para idosos, estudantes e classe


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta