Lollapalooza 2014: Ellie Goulding promete ser a grande surpresa desta edição
Música Notícias

Lollapalooza 2014: Ellie Goulding promete ser a grande surpresa desta edição

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Ellie Goulding Delirium

Ellie Goulding Delirium

Elena Jane Goulding ou simplesmente Ellie Goulding lançou ano passado um dos álbuns mais interessantes dos últimos anos. Halcyon, o álbum, foi finalizado na Inglaterra em 2012 ainda, mas no Brasil só foi descoberto no ano seguinte. Sua primeira música de trabalho – Anything Could Happen – é o grande destaque deste trabalho, e certamente o impulsionou para os primeiros lugares das mais diversas listas de melhores álbuns do ano. A belíssima canção, composta por Ellie em parceria com Jim Eliot, alcançou, merecidamente, o 1º lugar na Hot Dance Club Songs da Billboard, e se tornou uma das músicas mais tocadas em pistas de dança mundo afora.

Anything Could Happen é realmente linda, mas foi com outra canção, esta do álbum anterior, mas que foi colocada como bônus em uma das versões de Halcyon, que Ellie Golding conquistou seu espaço no showbizz. Falo de Lights, que possui um dos vídeos clipes mais interessantes dos últimos tempos. Nele, a inglesa dança em cenários psicodélicos e toca instrumentos de luz.

O que mais chama atenção em Ellie Goulding é a natureza peculiar de sua voz. Ela é doce, confortante, no mesmo estilo de Norah Jones ou Regina Spektor. No entanto, Ellie se lançou no universo da música eletrônica, transformando uma parceria que tinha tudo para soar somente estranho em algo delicioso de se ouvir.

O fato de ser britânica e loira também faz lembrar outra peculiar cantora deste universo: Dido. Ellie e Dido têm suas semelhanças vocais, mas Ellie ainda está no início de carreira, e por isso terá que provar ainda muita coisa, diferente de Dido, Norah Jones ou Regina Spektor, cantoras já consagradas no mundo inteiro.

Agora em 2014 ela vem ao Brasil pela primeira vez, tocará no Festival Lollapalooza. Será uma grandiosa chance para todos conhecerem seu trabalho mais completo. Será também um ótimo momento para ela provar que também pode segurar um show com 30, 40 mil pessoas num palco.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta