Paulinho Moska mostra seu talento em super show no Teatro Rival Petrobras
Agenda

Paulinho Moska mostra seu talento em super show no Teatro Rival Petrobras

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Paulinho Moska – Divulgação

Um dos maiores talentos da música brasileira, o cantor e compositor Paulinho Moska apresenta o show em comemoração aos seus 20 anos de carreira solo, na sexta-feira, dia 21 de março, no Teatro Rival Petrobras. Neste show Moska será acompanhado de sua banda, um power trio, formado pelos músicos Rodrigo Nogueira (guitarras), João Vianna (bateria) e Alexandre Catatau (baixo).

São 20 anos de trabalho, e a data redonda até justificaria um álbum retrospectivo. Mas Paulinho Moska aproveitou um show no Auditório Ibirapuera, em São Paulo, para ir adiante com as canções e criou, no palco, um filme-colagem. Uma série de videoclipes amarrados pelos versos e climas das próprias canções, que tem no amor, em seus vários estados, o principal mote.

Roteiro do show
O roteiro parte do começo da vida – e do amor. A primeira canção do show é Semicoisas. Logo na abertura aparece a imagem de um ultrassom, mas não qualquer ultrassom, e sim o de Valentim, filho mais novo de Moska. Em seguida, O Tom do Amor mostra os primeiros desenhos do filho mais velho, Antonio. A narrativa vai se desenvolvendo como um filme e chega a O Último Dia, uma das canções mais belas da carreira de Moska.

Paulinho Moska – Foto de Jorge Bispo

Novelas
Paulinho Moska é um grande compositor de canções que vão parar nas novelas. Até hoje já emplacou 13 temas em trilhas da TV Globo. Destes, 11 são com sua própria voz. São músicas que se tornaram bem populares em novelas e minisséries, como O Último Dia (O Fim do Mundo), A Seta e o Alvo (Zazá), Pensando em Você (Agora É que São Elas) e Tudo Novo de Novo (tema de abertura da minissérie homônima).

Tudo Novo de Novo
E foi justamente com o álbum Tudo Novo de Novo (2003) que Moska começou a se relacionar com artistas internacionais. Com a canção A Idade do Céu, versão sua para um tema do uruguaio Jorge Drexler. O cantor uruguaio inclusive veio ao Brasil participar do show de lançamento desse disco, no Canecão. E, em resposta, convidou Moska para uma série de apresentações no Uruguai e na Argentina.

Inicio da carreira
As primeiras gravações profissionais de Paulinho Moska ocorreram no álbum de estreia do grupo vocal Garganta Profunda, A Orquestra de Vozes (1986). Nessa mesma época, ao lado de outros integrantes do Garganta, planejou aquela que seria sua maior experiência pop nos anos 1980: os Inimigos do Rei. Com a banda, lançou dois discos, emplacou nacionalmente os hits Uma Barata Chamada Kafka e Adelaide, duas das canções mais icônicas dos anos 80.

SERVIÇO
Moska – Show Muito Pouco Para Todos

Teatro Rival Petrobras – Rua Álvaro Alvim, 33 – Cinelândia
21 de março (sexta-feira)
19h30
90 min. aproximadamente
R$ 50 (Inteira)
R$ 35 (Promoção para os 200 primeiros pagantes)
R$ 25 (Meia entrada para estudantes, idosos e professores da rede municipal)
16 anos


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta