Cortinas Fechadas: filme iraniano terá estreia mundial no Brasil
Notícias

Cortinas Fechadas: filme iraniano terá estreia mundial no Brasil

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Cortinas Fechadas

Cortinas Fechadas, novo filme dos cineastas Jafar Panahi e Kamboziya Partovi terá lançamento inicial no Brasil. O filme, que depois será lançado na Inglaterra, Grécia, Turquia e Bulgária, recebeu o Urso de Prata do Festival de Berlim, e foi realizado secretamente e sem autorização do governo iraniano, já que o diretor Jafar Panahi está proibido de escrever, filmar, dar entrevistas e viajar ao exterior por 20 anos.

Filme
Com Cortinas Fechadas, Jafar Panahi e o codiretor Kamboziya Partovi misturaram novamente realidade e imaginação, ficção e documentário, borrando as fronteiras convencionais do cinema. Eles conseguem metamorfosear um lugar comum num espaço em que pessoas reais se encontram com a fantasia, com personagens ficcionais, todos os dias.

Jafar Panahi
Nascido em 1960, em Mianeh, no Irã, Panahi é diretor, autor, produtor e é um dos cineastas mais influentes do Irã. Depois de diversos curtas e documentários, ele dirigiu seu primeiro longa-metragem em 1995, O Balão Branco (Badkonake Sefid), ganhador do prêmio Camera d’Or no Festival de Cannes. Em 1997, ele ganhou o leopardo de ouro, no Festival de Locarno, pelo filme O Espelho (Ayneh) e, em 2000, ganhou o leão de ouro, no Festival de Veneza, por O Círculo (Dayereh).

Ouro Carmim (Talayeh Sorkh) ganhou o prêmio Un Certain Regard no Festival de Cannes de 2003. Fora Do Jogo ganhou o urso de prata de melhor diretor no Festival de Berlim de 2006. Isto Não É Um Filme (In film nist) foi exibido na competição oficial do festival de Cannes de 2010. Até o momento, ele recebeu mais de 80 prêmios internacionais, incluindo prêmios dos Festivais de Chicago, Istambul, Valladolid, Cannes, Bósnia, entre outros.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta