Vai começar a 9ª edição do Festival Internacional de Cinema do RS
Agenda Cinema

Vai começar a 9ª edição do Festival Internacional de Cinema do RS

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O Homem das Multidões – Divulgação

A partir desta quarta-feira, e até o dia 11 de junho, a cidade de Porto Alegre volta a respirar o ar cinematográfico que tanto bem faz a saúde. Isso porque a capital gaúcha será palco da 9ª edição do Festival Internacional de Cinema do RS, que levará para a cidade importantes e premiados filmes (brasileiros ou não).

Abertura
Logo na sessão de abertura, o festival exibirá o aguardado O Homem das Multidões (2013), dirigido pelos cineastas Marcelo Gomes e Cao Guimarães e livremente inspirado no conto homônimo do escritor norte-americano Edgar Allan Poe. Após a exibição do filme (ainda inédito no Brasil) acontecerá um debate com a presença do ator Paulo André.

Salas
As salas Paulo Amorim e Norberto Lubisco, na Casa de Cultura Mário Quintana, o Cinebancários, e a sala de cinema P.F Gastal, na Usina do Gasômetro, vão compor o circuito exibidor principal da mostra. Além das salas de cinema de Porto Alegre, a Sala Ulysses Geremia, em Caxias do Sul, e o Cineclube Paradiso, na cidade de Guaíba, também farão parte do evento.

Uma grande sessão ao ar livre será realizada no bar Tutti Giorni, em frente à Praça dos Açorianos, na capital, exibindo o documentário A Imagem Que Falta (2013), do diretor cambojano Rithy Panh, ao lado da Mostra Chris Marker, que apresentará filmes do diretor francês, um pioneiro do cinema experimental.

Cartaz Festival RS

Destaques
Entre os destaques do festival, temos a ficção brasileira Periscópio (2013), dirigida por Kiko Goifman, o drama canadense Vic+Flo Viram um Urso (2013), dirigido por Denis Côte, e a coprodução entre Brasil e Japão, Estação Liberdade (2013), dirigido por Caíto Ortiz. A Pinacoteca Café, em Porto Alegre, também será palco para exibição da Mostra Contemporâneos – o cinema alemão de animação da atualidade, que exibirá os curtas-metragens artísticos mais fascinantes da Alemanha das últimas duas décadas.

A sessão de encerramento do festival estará sob responsabilidade do filme A Oeste do Fim do Mundo (2012), uma coprodução entre Brasil e Argentina, dirigida por Paulo Nascimento. Além do diretor, a equipe do filme estará presente para a sessão comentada.

Com sessões, em sua maioria, gratuitas ou a preços populares, a 9ª edição do evento tem como objetivo estimular a reflexão sobre a produção do cinema contemporâneo.

Festival imperdível. Confira nos links abaixo mais informações bem como a programação completa do evento.

www.festinternacionalcinemars.com.br
www.facebook.com/festinternacionalcinemars


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta