Teatro baiano é destaque no Festival Porto Alegre em Cena
Agenda Teatro

Teatro baiano é destaque no Festival Porto Alegre em Cena

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Caixa não é de Pandora – Foto de Jr. Lucena

Dois espetáculos baianos serão apresentados ao público gaúcho durante o tradicional evento, incluindo ai o ótimo A Caixa não é de Pandora

A cena teatral baiana está em festa: além de ser destaque na capital paulista neste mês de setembro, com a apresentação de nove espetáculos, também será destaque no Festival Porto Alegre em Cena, tradicional evento da capital gaúcha. Lá serão apresentados ao público os espetáculos A Caixa não é de Pandora e Quarteto.

A Caixa não é de Pandora, monólogo de Andrea Elia com a assinatura de Elísio Lopes na direção, no Teatro Sesc, nos dias 10, 11 e 12 de setembro. A montagem que teve o patrocínio do Grupo LM também seguirá para Recife, onde fará curta temporada. Já Quarteto, com direção de Gil Vicente Tavares, estrelado pela dupla Marcelo Praddo e Bertrand Duarte, nos dias 12, 13 e 14 de setembro, Teatro Carlos Carvalho (Casa de Cultura Mário Quintana).

A Caixa não é de Pandora
A hitória central de A Caixa não é de Pandora é inspirada no livro Um Teto Todo Seu, de Virginia Woolf e é uma resposta concisa a uma sociedade machista onde somente os meninos nascem livres. O texto traz ainda como elementos de suporte referências e citações de Clarice Lispector e Flaubert, que com sua Madame Bovary contribui para uma das sequências mais marcantes de todo o espetáculo. Um espetáculo instigante, relevante, mas acima de tudo, bem escrito e executado. A parceria de Andrea Elia com Elísio Lopes Jr acabou rendendo um fruto que a cena teatral baiana, incluindo ai o seu público, precisa realmente digerir.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta