Projeto leva música erudita a escolas públicas de São Paulo
Notícias Teatro

Projeto leva música erudita a escolas públicas de São Paulo

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Criada Patroa

Projeto Ópera na Escola levará a 18 escolas públicas do Estado de São Paulo apresentações do espetáculo A Criada Patroa

Todo e qualquer projeto que vise levar cultura aos estudantes brasileiros merece ser divulgado e aplaudido. E mais um bom exemplo acaba de surgir, com o Projeto Ópera na Escola, que busca difundir a música erudita para alunos das escolas públicas do estado de São de Paulo e seus familiares. O projeto estreia no próximo dia 13 de setembro, às 11 horas, na escola Padre Bernardo Murphy, na cidade de Mogi das Cruzes. O espetáculo é apresentado por cantores líricos, que através da interpretação da música traduzem as emoções da história contada na ópera cômica A Criada Patroa, escrita pelo italiano Giovanni Battista Pergolesi.

18 escolas
O Projeto busca viabilizar o importante primeiro contato de crianças e seus familiares com o gênero musical operístico. No total, 18 escolas receberão as apresentações, que possuem entrada gratuita.

Espetáculo
A ópera A Criada Patroa conta a história dos criados Serpina e Vespone, que fazem de tudo para que seu patrão Uberto se apaixone pela empregada. A cantora Isabella Luchi, o barítono Marcio Marangon e o ator Rodrigo Manzelli compõem o elenco, que tem direção musical assinada por Fábio Bezutti.

Para a idealizadora e diretora do Projeto Ópera na Escola, Cléia Mangueira, projetos como esse são importantes para a expansão dos horizontes culturais das crianças e jovens,

Nossa ideia sempre foi oferecer música com qualidade ao público infantil e juvenil; mais do que isso, que eles tivessem a oportunidade de apreciar e aprender novos valores culturais. A ópera nos pareceu muito interessante pelo fato de que a maioria dos alunos da rede pública e as comunidades carentes de ações culturais simplesmente não têm acesso à música erudita”.

As apresentações começam na cidade de Mogi das Cruzes, e até outubro percorrem a capital paulista, São Caetano do Sul, Cotia, Araçariguama, Guarulhos, Pindamonhangaba e São José dos Campos.

Confira a programação completa do projeto e divulgue

13/9 – Mogi das Cruzes
11h00 – EE Padre Bernardo Murphy
15h00 – EE Paulo Ferrari Massaro

14/9 – São Paulo
11h00 – EE Prof Mário Casassanta
15h00 – EE Doutor Álvaro de Souza Lima

20/9 – São Caetano do Sul
11h00 – EE Padre Alexandre Grigolli

20/9 – São Paulo
15h00 – EE Dr. Genésio de Almeida Moura

21/9 – Cotia
11h00 – EM Prof Roberto Jorge Haddock Lobo Netto
15h00 – EE Tenente Ernesto Caetano de Souza

27/9 – Araçariguama
11h00 – EE Humberto Victorazzo

28/9 – Guarulhos
11h00 – EE Cidade Soimco II
15h00 – EE Profa Zilda Romeiro Pinto Moreira da Silva

11/10 – Pindamonhangaba
11h00 – EE Profa Antônia Carlota Gomes
15h00 – EE Profa Dirce Leopoldina Cintra Villas Boas

12/10 – Araçariguama
11h00 – E.M.E.I.F Jorge Amado

18/10 – Pindamonhangaba
11h00 – EE Prof Eunice Bueno Romeiro
15h00 – EE Profa Yolanda Bueno de Godoy

19/10 – São José dos Campos
11h00 – EE Eng. Edgar Mello Mattos De Castro
15h00 – EE Prof. Xenofonte Strabão de Castro


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta