Peça Os homens são de Marte... e é pra lá que eu vou! chega a Natal
Agenda Teatro

Peça Os homens são de Marte… e é pra lá que eu vou! chega a Natal

  •  
  •  
  •  
  •  
Os homens são de Marte… e é pra lá que eu vou!

Espetáculo premiado já foi adaptado para o cinema e virou série de televisão; apresentações em Natal acontecem dias 11 e 11 de outubro

Um dos espetáculos mais interessantes da atualidade, Os homens são de Marte… e é pra lá que eu vou! desembarca na cidade de Natal para duas apresentações que prometem agradar em cheio o público potiguar. A peça aborda o grande dilema vivido pelas mulheres solteiras: a busca de um grande amor. Toda mulher já foi, é, ou será protagonista desta história de aventuras, ilusões, alegrias, tentativas, desencontros, equívocos, adrenalinas, dúvidas e solidão.

Leia+  Aqui Jaz Henry volta aos palcos a partir desta sexta no Solar de Botafogo

O sucesso tem sido tão grande que já virou filme e acaba de virar também série de televisão. Mônica Martelli encabeça o projeto em todas as frentes, e se mostra uma das mais interessantes atrizes brasileiras.

Os Homens são de Marte… E é para lá que eu vou! conta a história de Fernanda, 39 anos, solteira, jornalista formada, mas que trabalha com eventos, organiza festas de casamento. Fernanda está em busca do amor e se envolve tão intensamente com os vários tipos de homens que chega a ficar muito parecida com cada um deles, independente dos tipos físicos, das condições sociais, raciais ou econômicas. Cada homem que ela encontra pode ser seu grande amor.

Leia+  Comédia “Desesperados” faz curtíssima temporada no Theatro Net Rio

Quem sabe, não é? Fernanda se envolve com um político, com um playboy rico, um alternativo do Sul da Bahia e um gay. O tempo que ela gasta com os homens daria para dar uma volta ao mundo e ainda ter estudado a história de todas as civilizações. Mesmo assim ela insiste porque para ela a vida sem um amor é uma vida em preto e branco.

Na verdade, a busca pelo amor pode ser uma oportunidade de aprendizado. Mas para quem está solteiro não é bem assim. É castigo. Quem está solteiro quer encontrar um amor e ponto final. Só não sabe como.

De um modo bem divertido, com situações emocionantes, e com um final surpreendente, a peça fala do amor e da falta dele. Tudo isso com um tipo de humor que as mulheres conhecem muito bem: rindo das suas próprias desgraças.

Leia+  Aqui Jaz Henry volta aos palcos a partir desta sexta no Solar de Botafogo

SERVIÇO
Os Homens são de Marte… e é pra lá que eu vou!

14 anos
70 minutos
10 e 11 de outubro, sexta e sábado, às 21h.
Teatro Riachuelo (Av. Bernardo Vieira, 3775 / Natal – RN)
Frisas – R$ 40
Balcão Norte – R$ 50
Plateia A – R$ 70
Plateia B – R$ 70
Camarotes – R$ 120
www.ingressorapido.com.br 

Sobre o autor

Redação

Redação

Matéria produzida pela equipe do site.
Copyright © 2018. Cabine Cultural: arte, cultura, entretenimento; cinema & tv

Deixe uma resposta