Crítica Amor & Sexo: muita diversão e uma Fernanda Lima ainda mais bela no retorno do programa | Cabine Cultural
Televisão

Crítica Amor & Sexo: muita diversão e uma Fernanda Lima ainda mais bela no retorno do programa

Amor & Sexo Oitava temporada

Amor & Sexo Oitava temporada

Após muitos pedidos, programa da Rede Globo voltou para nova temporada, presenteando os fãs com um episódio bem sexy e divertido

Por Luis Fernando Pereira

Acredito que já podemos bater o martelo e afirmar que Fernanda Lima é atualmente a celebridade feminina brasileira que mais possui credibilidade para falar sobre relacionamentos e suas nuances intimo sexuais. Esta é uma constatação que não nasceu por agora, vem de muito tempo, mais precisamente do ano 2000, quando a então modelo gaúcha estava estreando o seu novo programa na antiga MTV Brasil. O programa chamava-se Fica Comigo e só para termos uma ideia do quão além de seu tempo era o programa, ele entrou para a história de nossa televisão como o primeiro a mostrar uma cena de beijo gay.

Fernanda Lima então cresceu, ficou ainda mais famosa e inevitavelmente foi contratada pela Rede Globo, onde trabalhou inicialmente no Vídeo Show para depois se jogar no campo dramático, fazendo algumas novelas na emissora. Apesar de bem sucedida, ainda faltava a Fernanda algo que a destacasse ainda mais, e esse algo veio no final dos anos 2000, quando ela estreou a primeira temporada do programa Amor & Sexo.

Leia também:  Intrínseca lança no país “Eu e você no fim do mundo”, de Siobhan Vivian

Desde 2009, quando estreou, até semana passada, quando foi exibido o primeiro episódio da oitava temporada, o programa cresceu bastante em termos de dinâmica, de roteiro e, sobretudo, no trabalho de apresentação do programa, responsabilidade de Fernanda. Ricardo Waddington, o diretor, conseguiu, ao menos no programa da última quinta-feira, organizar de um modo bem agradável toda aquela bagunça que o programa aparenta mostrar.

E quando a atriz entrou no palco para estrear a nova temporada, algo de mágico aconteceu: ela estava deslumbrante, sexy e radiando alegria, afinal de contas, o programa é a cara dela. Cantou, dançou como poucas, e como cereja do bolo, falou de sexo com o seu pai, convidado especial da noite, numa atitude que bem que podia refletir em sua audiência, e fazer mães e pais conversarem mais sobre sexualidade com seus filhos.

Leia também:  Paris para Um e outros contos tem lançamento no Brasil pela Intrínseca

Amor & Sexo Oitava temporada

Sexo sem culpa
O tema que permeou todo o episódio de estreia da temporada foi sexo sem culpa, e rendeu situações das mais engraçadas, principalmente por conta de uma das joias do programa, a talentosa Mariana Santos, que possui um timming cômico absurdo, e isso se deve ao fato de suas tiradas serem, além de engraçadas, inteligentes.

Outro grande nome do elenco de Amor & Sexo é Chico Sá, uma das personalidades mais interessantes deste país. Chico possui um leque tão vasto de conhecimento, que conseguimos apreciá-lo quando ele fala sobre sexo, sobre amor, mas também sobre futebol e até mesmo política. Suas tiradas, seus comentários, suas reflexões peculiares sobre a vida só engrandecem o programa, tornando-o uma espécie de coringa.

Leia também:  Canal History estreia quarta temporada de “O Sócio”, melhor série do gênero

Outro que caiu como uma luva no programa foi Otaviano Costa, que mesmo exagerando em muitas de suas participações, consegue divertir o público, e isso porque ele talvez seja o que mais vestiu a camisa e levantou a bandeira do programa. Ele não possui pudores, se for para entreter o público, ele vai lá e faz. Algumas vezes erra, mas quando acerta, é diversão garantida.

No mais, todo o resto do grandioso elenco esteve bem: Léo Jaime, Regina Navarro e José Loreto, além dos convidados da noite de estreia, Chay Suede e a belíssima Fiorella Mattheis.

Amor & Sexo Oitava temporada

Amor & Sexo provou na última quinta-feira porque possui um dos públicos mais fieis da Rede Globo, mostrando para seus fãs todos os elementos que fizeram o programa um dos mais interessantes das noites brasileiras.

Luis Fernando Pereira é crítico cultural e editor/administrador do site




2 respostas para “Crítica Amor & Sexo: muita diversão e uma Fernanda Lima ainda mais bela no retorno do programa”

  1. gosto do programa e das bricadeira legal so assisto qundo chegar chegor em casa depois de sair do meu emprego

Deixe uma resposta