Cinema alemão novamente é destaque no Festival Panorama Coisa de Cinema
Agenda Cinema

Cinema alemão novamente é destaque no Festival Panorama Coisa de Cinema

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Outra Pátria – Divulgação

Tal como na edição passada, o Panorama Internacional Coisa de Cinema traz para Salvador alguns dos melhores filmes alemães da atualidade

Pelo segundo ano consecutivo, a cinematografia atual da Alemanha volta a ser destaque no Panorama Internacional Coisa de Cinema, festival baiano que acontece entre os dias 29 de outubro a 05 de novembro em Salvador e em Cachoeira. A programação contará novamente com o Panorama Alemão. Produzida pela German Films, a mostra é composta por 13 longas-metragens e sete curtas e será apresentada também em Recife, São Paulo e Rio de Janeiro.

As sessões do Panorama Alemão acontecem no Espaço Itaú de Cinema Glauber Rocha entre os dias 30 de outubro e 05 de novembro e traz como carro-chefe a produção Duas irmãs, uma paixão, de Dominik Graf, .filme selecionado para representar a Alemanha na disputa por uma indicação ao Oscar de melhor filme estrangeiro. Na história, duas irmãs aristocratas se apaixonam pelo jovem escritor Friedrich Schiller e desafiam os costumes da época, dividindo esse amor.

Outro destaque é o filme Via-Crúcis, produção vencedora de dois prêmios no último Festival de Berlim. O filme é o primeiro longa-metragem de Dietrich Brüggemann e conta a história de Maria, uma adolescente de 14 anos que integra uma comunidade católica fundamentalista. Seu maior desejo é virar uma santa, mas o que é capaz de fazer em nome desse objetivo provoca o desmantelamento de sua família.

A diretora Viviane Blumenschein estará na sessão de Tango de Uma Noite de Verão e conversará com o público após a exibição. No filme, ela acompanha a viagem de três músicos argentinos pela Finlândia, onde buscam a origem do tango.

Tango de uma Noite de Verão – Crédito Viviane Blumenschein

Outra esperada exibição será a de The green price, premiado pela crítica no Festival de Sundance 2014. Estabelecendo uma ligação mais próxima entre a Alemanha e o Brasil, A Outra Pátria, de Edgard Reitz, retrata a intensa imigração europeia para as terras brasileiras, especialmente o Rio Grande do Sul, durante o século XIX.

A lista de longas inclui ainda Beltracchi – A Arte da Falsificação (Arne Birkenstock), Dane-se Goethe (Bora Dagtekin), Jack (Edward Berger), Love Steaks (Jakob Lass), Não me esquece (Jan Schomburg), O Samurai (Till Kleinert), Um Brinde à Vida! (Uwe Janson) e Debaixo da Neve (Ulrike Ottinger).

A programação do Panorama Alemão se completa com os curtas-metragens Domingo 3 (Jochen Kuhn), Father (Moritz Mayerhofer), Floresta (Ulu Braun), Curta-metragem (Olaf Held), Reality 2.0 (Victor Orozco Ramirez), Rinoceronte a galope (Erik Schmitt), Sunny (Barbara Ott).


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta