Tim Maia – O filme: um drama bem construído
Cinema

Tim Maia – O filme: um drama bem construído

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Tim Maia

Produção e roteiro do cineasta Mauro Lima, o filme Tim Maia é baseado no livro do produtor e jornalista Nelson Motta Vale Tudo – o Som e a Fúria de Tim Maia

Conhecemos a história de vida do grande cantor e compositor Sebastião Rodrigues Maia, conhecido como Tim Maia (Babu Santana na fase adulta e Robson Nunes quando jovem), sua infância e adolescência pobre no bairro da Tijuca, onde entregava marmitas que sua mãe fazia, para ajudar no orçamento da casa. Participou do coral da igreja local e formou uma banda que tocava na paróquia. Na juventude foi morar nos EUA por alguns anos, onde teve contato com o soul, tempos depois foi deportado por roubo e porte de drogas. Quando bem jovem formou a banda The Sputniks com Roberto Carlos e anos depois, quando Roberto Carlos estava no auge do sucesso, Tim insistentemente o procurou para mostrar composições de sua autoria e pedir ajuda para se lançar como cantor e compositor.

Seu 1º. sucesso em 1970 foi estrondoso, com músicas maravilhosas como Primavera e Azul da cor do Mar.

Com uma vida cheia de altos e baixos no lado profissional e pessoal, foi apaixonado por Janaina (Alinne Moraes) com quem teve um filho e assumiu o outro filho dela.
Debochado, temperamental, egocêntrico, assim era Tim Maia, como ele mesmo dizia “um gorducho e negro que tinha tudo para dar errado”, mas seu talento era grande demais. Era conhecido por atrasos ou falta de comparecimento em shows e seu temperamento agressivo se exacerbava pelo uso de drogas ilícitas. Faleceu em Niterói em 1998, aos 55 anos de vida.

Narrado pelo seu amigo Fábio (Cauã Reymond), com boa produção e roteiro, cenário e ambientação de época com riqueza de detalhes, resgata uma época de musicalidade criativa, com diálogos de humor irônico e o ponto forte são as músicas tocadas em seus shows, tão conhecidas pelo público.

Os atores Babu Santana e Robson Nunes como Tim Maia na fase adulta e quando jovem têm performance memoráveis no filme.  Já o ator George Sauma no papel de Roberto Carlos peca pelo tom excessivamente caricato que coloca no personagem.

Através deste drama bem construído conhecemos a vida deste grande cantor e compositor que vivia a vida de forma intensa, tudo no superlativo, e cujas músicas foram um marco na Música Popular Brasileira. Músicas tão inesquecíveis que durante o filme a plateia em peso se deliciava, cantava baixinho junto com Tim MaiaVale Tudo, Tim!!!

Marcia Amado Bessa é enfermeira e escreve para o ótimo blog CineAmado


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta