Pra comemorar: Queens of the Stone Age é confirmado no Rock in Rio 2015
Música

Pra comemorar: Queens of the Stone Age é confirmado no Rock in Rio 2015

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Queens of the Stone Age

Uma das bandas mais poderosas das últimas décadas foi confirmada como atração do festival em sua edição de 2015

Mesmo sabendo que o Queens of the Stone Age esteve no Brasil este ano, para shows em São Paulo e Porto Alegre, o público fã de um bom rock está em festa com a notícia de que os americanos voltarão ao país em 2015, agora como uma das boas atrações do Rock in Rio. Desta vez, entretanto, a apresentação da banda poderá ser vista por milhões de pessoas, caso se confirme novamente o televisionamento do festival pela televisão aberta e fechada.

A banda, segundo informações da produção, se apresenta no mesmo dia que o System of a Down, fazendo assim uma das dobradinhas mais interessantes do festival, contando aqui em todas as suas mais recentes edições. Ambas as bandas já são veteranas no mundo do rock e possuem uma base de fãs que prometem invadir a capital carioca para pular ao som de alguns dos maiores hits da década passada.

O Queens of the Stone Age trará novamente ao país a turnê do mais que interessante álbum …Like Clockwork, lançado em 2013. Será uma oportunidade única para os brasileiros assistirem novamente ao show de uma das mais relevantes bandas da cena rock surgidas nas últimas décadas.

O grupo norte-americano, com a sua confirmação no line up principal, se junta aos outros nomes já anunciados pela produção do Rock in Rio: A-Ha, Katy Perry e John Legend, além do próprio System of a Down. Nomes que até agora trazem certo tom de equilíbrio, entre grupos e artistas badalados atualmente, como a popstar americana e o cantor John Legend, e grupos consolidados há bastante tempo e com fãs clubes bem fiéis, como os noruegueses do A-Ha.

O Rock in Rio acontece nos dias 18, 19, 20, 24, 25, 26 e 27 de setembro de 2015. Já foram vendidos 100 mil ingressos em pouco menos de duas horas de vendas, provando assim que o festival está longe de entrar em decadência de público e mídia.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta