A Mulher de Preto 2 é opção para os amantes do terror
Cinema Notícias

Estreia: A Mulher de Preto 2 é a grande opção dos amantes do terror

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Mulher de Preto 2 – Anjo da Morte

Filme estreia no circuito comercial para contemplar os cinéfilos que adoram um bom suspense de terror; filme promete ser bom 

A safra de suspense de terror está apenas entregando o seu primeiro em 2015, mas ele já é um dos bons: trata-se de A Mulher de Preto 2 – Anjo da Morte, produção que estreia hoje (29 de janeiro) nos cinemas do Brasil.

A história do filme acontece mais de 40 anos após o seu antecessor, o ótimo filme protagonizado Daniel Radcliffe. Naquela história ele interpretava um advogado que vivia na Mansão da Enguia do Pântano – a Eel Marsh House em A Mulher de Preto, lançado em 2012. Agora, um novo grupo chega para se alojar temporariamente na casa horripilante: oito crianças evacuadas de Londres em busca de segurança na pequena vila rural de Crythin Gifford, no interior da Inglaterra. Mais personagens, mais crianças, ou seja: mais terror à vista.

O contexto do filme também muda: se antes estávamos no início do século XX, agora estamos em meio à Segunda Guerra Mundial. As crianças vão para a Mansão do Pântano justamente após um grande bombardeio na capital inglesa, que as deixou órfãs.

Cabe desta vez o título de protagonista à atriz Phoebe Fox. Ela vive uma jovem e delicada professora que acompanha as crianças. Na viagem, Eve (Phoebe) encontra o jovem piloto de guerra Harry (Jeremy Irvine, de Cavalo de Guerra, Agora e Para Sempre) que compartilha com ela o mesmo destino.

A Mulher de Preto 2 – Anjo da Morte

Phoebe chegou a falar sobre seu trabalho no filme,

Você conhece uma mulher que construiu uma camada de verniz cobrindo todo o tumulto por baixo. Toda aquela profunda tristeza e emoções borbulhando são mantidas trancadas a sete chaves e cobertas por uma persona ensolarada, otimista. Ao longo do filme, no entanto, essa aparência externa é quebrada”.

Fica como sugestão também o lançamento do livro homônimo ao filme, escrito por Martyn Waites, chega às livrarias junto com o filme. O livro foi resultado de um pedido dos produtores do filme original, que depois do tamanho sucesso, sugeriram que a escritora britânica Susan Hill criasse uma nova história na macabra Mansão do Pântano – essa foi a origem da produção A Mulher de Preto 2 – Anjo da Morte.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta