Quem vai ganhar o Oscar 2015? Saiba aqui
Cinema

Quem vai ganhar o Oscar 2015? Saiba aqui

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Birdman

Birdman

Edição anual do maio prêmio do cinema acontece no próximo domingo e promete distribuir os troféus para vários filmes

No próximo domingo acontece nos Estados Unidos mais uma edição do Oscar, maior premiação do cinema mundial, e que fecha oficialmente a temporada cinematográfica em 2014. Esta edição promete ser bastante democrática, ao menos na distribuição dos troféus, já que nenhum filme desponta como vencedor absoluto do Oscar neste ano.

Tudo bem que temos Boyhood e Birdman, que devem sair no domingo com alguns dos principais prêmios, mas, em comparação com outros anos, este será o mais plural no quesito distribuição dos troféus. Para comprovar a ideia daremos agora nossos palpites sobre os vencedores nas principais categorias.

Melhor filme
O maior prêmio da noite será, com 95% de certeza, entregue para Boyhood ou para Birdman. Enquanto que Boyhood dominou os holofotes num primeiro momento, Birdman ganhou força justamente na fase mais importante do cronograma, e por isso chega com mais chances de sair vencedor, o que seria a maior justiça possível. De todos os indicados, Birdman é o mais interessante, criativo, ousado e inteligente.

Os outros concorrentes (Sniper Americano, Selma, O Jogo da Imitação, A Teoria de Tudo, Whiplash e O Grande Hotel Budapeste) são bons, mas bastante limitados para serem considerados o filme do ano. Selma, filme arrebatador que conta uma fase da vida de Martin Luther King, poderia ser considerado um grande favorito, mas sabendo que sua única indicação importante foi esta, fica difícil crer na sua vitória.

Melhor diretor
Aposto as fichas em Alejandro González Iñárritu por seu genial trabalho em Birdman. Ele, que já havia entrado pro primeiro escalão de Hollywood com 21 Gramas, e se consolidado com Babel, volta para fixar de vez seu nome como um dos diretores mais criativos de sua geração.

 

Melhor ator
A incrível atuação de Eddie Redmayne, interpretando o físico teórico Stephen Hawking, fez dele o principal favorito ao prêmio de atuação masculina. De todos os concorrentes, ele foi o que apresentou mais densidade em sua interpretação e entregou várias camadas de uma personalidade tão genial como a de Hawking. Benedict Cumberbatch polariza aqui as atenções, mas se for pensar em merecimento, Eddie já poderia se considerar o ganhador do Oscar de melhor ator.

Melhor atriz
Não há muitas dúvidas quanto à vencedora da categoria de melhor atriz. Julianne Moore, e sua incrível, sensível e comovente atuação em Still Alice deverão vencer na categoria de atriz. Suas concorrentes até entregaram atuações interessantes, como o ótimo trabalho de Reese Witherspoon em Livre, ou a competente atuação de Felicity Jones em A Teoria de Tudo, mas é bem grande a distância que separam elas de Julianne.

Melhor ator coadjuvante
Barbada essa: podem reservar o prêmio para J.K. Simmons e sua monstruosa atuação em Whiplash. Não consigo ver outra atuação tão poderosa quanto essa, que teve o poder de fazer Whiplash se tornar um filme necessário e poderoso, um dos melhores da temporada. Uma aula de atuação, visceral.

Boyhood

Melhor atriz coadjuvante
Categoria que não entregou nenhuma atuação memorável e por isso as dificuldades são maiores para se detectar o ganhador. Ainda assim, acredito que Patricia Arquette, talentosa atriz que se dedica bem mais à televisão que ao cinema, deverá sair do Oscar com o troféu de atriz coadjuvante, pelo seu belo trabalho em Boyhood. Não imagino ninguém com mais poder que ela para vencer (exceto, é claro, da ícone Meryl Streep).

Percebam que até aqui 5 filmes diferentes foram mencionados. Uma prova da democracia na distribuição dos troféus neste ano.

Roteiro Original
Difícil escolher o vencedor, pois, tirando Foxcather, e seu roteiro arrastado, todos os outros são ótimos exemplos de boas ideias originais. Ainda assim, seria incoerente não escolher Birdman como melhor roteiro original, mas não seria injusta a vitória de algum dos três restantes (Boyhood, Abutre e O Grande Hotel Budapeste).

Roteiro Adaptado
Aqui provavelmente será o momento em que Sniper Americano será agraciado com um Oscar. O filme, o mais patriota de todos (pensando em Estados Unidos, evidente) vem recebendo bastante pressão da opinião pública do país para vencer o Oscar. Não possui força narrativa para isso, e nem a atuação de Bradley Cooper é tão boa assim. Mas acredito que ao menos em roteiro adaptado ele possa se sobressair.

Filme estrangeiro
Apesar de nossa torcida, enquanto latino-americanos, por Relatos Selvagens, desta vez o troféu provavelmente irá para a Europa, seja para a Polônia, com o lindo IDA, seja para a Rússia, com o poderoso Leviatã. Este último tem pouco mais de 90% de chances de vencer.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta