Filme As Mil Palavras entra no catálogo da Netflix e tem exibição em Temperatura Máxima
Televisão

Filme As Mil Palavras entra no catálogo da Netflix e tem exibição em Temperatura Máxima

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

As Mil Palavras

O que faria se descobrisse que tem apenas mil palavras para falar antes de morrer? Esse é o mote do filme que a Globo exibe neste domingo, dia 12, após o Esquenta

Eddie Murphy é um ator bem peculiar na indústria cinematográfica americana. De queridinho e um dos melhores salários do cinema, ele passou a ser associado com filmes que fracassaram na bilheteria, principalmente depois do fiasco que foi a produção O Grande Dave. Em recente pesquisa, ele foi inclusive taxado de ser o pior custo benefício do cinema americano; isso não é pouca coisa.

E é neste contexto que se encontra a comédia As Mil Palavras, produção que a Rede Globo exibe neste domingo, dia 12 de abril, na sessão Temperatura Máxima, logo depois do programa Esquenta, com Regina Casé. O filme, aliás, entrou também neste último dia 08 de abril no catálogo da Netflix e já está disponível para todos os seus assinantes assistirem.

História
Jack (Eddie Murphy) é um empresário de uma agência literária que mente muito, a ponto de irritar seu assistente, Aaron (Clark Duke). Suas atitudes também ameaçam seu casamento com Caroline (Kerry Washington, dá série Scandal), que gostaria que o marido passasse mais tempo com a família. Desesperado, Jack procura um guru chamado Dr. Sinja (Cliff Curtis). Mas, ao trapacear e mentir em um acordo com ele, o guru lança uma magia sobre o empresário.

Ao chegar em casa, Jack descobre uma árvore no seu jardim. Ele então percebe que, a cada nova palavra que pronuncia, uma folha da tal árvore cai. Jack logo percebe que, quando a milésima folha cair, ele morrerá. Na tentativa de impedir esse destino, o empresário tenta usar linguagem não verbal e se manter quieto. O problema é que tal postura faz com que ele perca a esposa e o emprego. Agora, Jack tem que viver sua vida ao máximo enquanto economiza as palavras que ainda lhe restam.

Críticas
Na época do lançamento, o filme recebeu incríveis 0% de críticas positivas no site especializado em cinema Rotten Tomatoes, que reúne resenhas de grandes veículos especializados em cinema. Das primeiras 39 críticas publicadas, todas as 39 eram negativas ao longa-metragem. O tradicional jornal inglês The Guardian afirmou que esse desempenho faz do filme um dos recordistas em críticas negativas de todos os tempos.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta