Na Globo: linda animação Rio é atração de Tela Quente nesta segunda
Televisão

Na Globo: linda animação Rio é atração de Tela Quente nesta segunda

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Rio

História da ararinha-azul conquistou o mundo de tal forma que uma sequência para a animação era mais que obrigação; filme tem direção do brasileiro Carlos Saldanha

Carlos Saldanha, um brasileiro apaixonado por cinema e por animação, colocou o seu nome na história de Hollywood ao fazer parte da equipe de criação de A Era do Gelo, uma das mais bem sucedidas franquias de animação dos últimos tempos, e principalmente por – sozinho – criar a belíssima animação Rio. E será justamente Rio a grande atração da noite desta segunda-feira na sessão Tela Quente, na Rede Globo.

O filme, que concorreu ao Oscar em 2012 (melhor canção) estreia em HD na telinha da Rede Globo logo após a novela Babilônia.

História
Ainda bebê, a ararinha- azul Blu foi capturada de seu habitat natural, no Brasil, e levada para os EUA, onde acabou, acidentalmente, deixado em uma estrada. Resgatado pela doce Linda, Blu foi criado como um filho. Quinze anos após, Linda e Blu recebem a visita do ornitólogo brasileiro Túlio, que explica que Blu é o último macho de sua espécie e convida Linda e seu bichinho de estimação para conhecer a arara de Túlio, a fêmea Jade, no Rio de Janeiro, para que os dois possam assim se reproduzir e salvar a espécie.

A partir daí somos levados para uma bela história sobre amizade e sobre a importância do equilíbrio de reino animal para o planeta. Blu e Jade começam, aos trancos e barrancos, uma divertida relação de parceria, de amizade, e de amor.

Crítica
O grande destaque da animação certamente é a sua ambientação. Sempre quando vemos filmes (ou desenhos) sobre o Brasil ou passados no Brasil, nós somos levados para um festival de cenas estereotipadas e caricaturais. O fato de Carlos Saldanha ser brasileiro fez de Rio um produto diferenciado neste sentido. As paisagens são mais realistas e com uma riqueza de detalhes que impressiona.

Carlos Saldanha conseguiu com Rio entrar de vez para o grupo de grandes diretores de animação do mundo. Além de bem sucedida comercialmente, a animação teve uma recepção muito boa pela crítica especializada, sobretudo pela sensibilidade de seu diretor ao retratar uma cidade tão complexa como o Rio de Janeiro sob o olhar de uma ararinha-azul das mais simpáticas que existe.

Um ótimo filme para se ver em família, com os filhos ou com os amigos.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta