Telinha em Pauta: quem vai substituir O Rei do Gado em Vale a Pena ver de Novo?
Televisão

Telinha em Pauta: quem vai substituir O Rei do Gado em Vale a Pena ver de Novo?

  •  
  •  
  •  
  •  

* Coluna da jornalista Camila Botto sobre tudo que acontece no mundo televisivo

Substituta de O Rei do Gado

A missão é ingrata: substituir O Rei do Gado, sucesso absoluto no Vale a Pena Ver de Novo. Nos 50 anos da Globo, os diretores da emissora optaram por reapresentar uma novela que já fez sucesso na sessão de reprises. Alma Gêmea (2005), Por Amor (1997) e Senhora do Destino (2004) são as mais cotadas para a vaga. Todas já foram exibidas uma vez no Vale a Pena Ver de Novo. Outra que corre por fora é A Gata Comeu (1985), primeira trama a ser reprisada duas vezes: em 1989 e 2001.

Leia+  As estreias de Legacies e Charmed na TV americana

A espera chegou ao fim: confira aqui a novela escolhida

Escrita por Aguinaldo Silva, Senhora do Destino teve uma reprise um tanto quanto problemática em 2009. Por causa da classificação indicativa para o horário da tarde, os capítulos foram retalhados. Mas a audiência foi muito boa, obrigada. Por várias vezes, a história da retirante nordestina (Susana Vieira) que teve uma filha raptada e criada pela vilã Nazaré Tedesco (Renata Sorrah), teve mais audiência do que as novelas das 18h e das 19h da época, respectivamente Paraíso e Caras & Bocas.

Senhora do Destino

Alma Gêmea também emplacou. Foi uma trama das 18hcom audiência de novela das 21h, acima de 40 pontos na Grande São Paulo. Cada ponto equivale a 67 mil domicílios.O sucesso a fez ser reprisada menos de quatro anos depois. A novela espírita escrita por Walcyr Carrasco contava a história de uma mulher (Priscila Fantin) que reencarnava para viver com o homem de sua vida (Eduardo Moscovis).

Leia+  Na Netflix: “Felicidade Por Um Fio” e transição capilar

Escute o Podcast Feminino na Telinha e saiba tudo sobre o mundo da televisão

Já Por Amor consagrou o retorno de Manoel Carlos à faixa das 21h da Globo 15 anos após Sol de Verão (1982). A história da mãe (Regina Duarte) que troca o filho recém-nascido pelo bebê morto da filha (Gabriela Duarte) também fez muito sucesso no Vale a Pena Ver de Novo, em 2002. Na época, chegou a ter mais audiência do que a novela das 21h, Esperança.

* Camila Botto é repórter do Correio, editora do site Feminino e Além, autora do livro Segredos Confessáveis e colunista do Cabine Cultural

Sobre o autor

Camila Botto

Formada em jornalismo com pós-graduação em mídias digitais, Camila Botto é colunista do Cabine Cultural, editora-chefe do Feminino e Além, autora do livro Segredos Confessáveis e sócia da Dendê Cult Press.

17 Comments

Deixe uma resposta