Salvador: projeto CineFacom apresenta nova edição com mostra de filmes
Agenda

Salvador: projeto CineFacom apresenta nova edição com mostra de filmes

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Foto do Filme Experiência Bicurioosx

Nova edição do projeto acontece na próxima quarta-feira, às 17h, com 08 filmes selecionados para Mostra Audivisual

Um dos projetos audiovisuais mais interessantes da cena cultural de Salvador, o CineFacom retornou em 2015 com suas atividades e apresenta no próximo dia 13 de maio, quarta-feira, a sua mais nova edição. O evento acontece às 17h, no auditório da Faculdade de Comunicação (Facom) da UFBA. Desta vez foram selecionados 8 filmes de estudantes da Universidade Federal da Bahia, todos com no máximo 30 minutos de duração.

Veja os filmes que serão exibidos

StateofMind, Rodrigo Araújo – Um dos pioneiros da pichação na Bahia no final dos anos 70, criador do lendário Faustino, poeta, artista plástico e iconoclasta irrecuperável, Miguel Cordeiro reclama uma Bahia que não se deixa se despolitizar, apesar de tudo.

Caixa Mágica, Andréia Oliveira – Corpos pedras tecidos tentáculos ventosas que transferem a consciência para um outro universo. Uma caixa que amplia os sentidos. Percepções mágicas.

Zonas Tórridas, Andréia Oliveira – Confluência entre fotografia, videoarte e performance. Explorando texturas, corpos ambientes poetizam as paisagens.

Paradoxo, Travessia e Fruição, Berg Kardy – A inspiração para criação do vídeoarte surgiu durante o XVII ENEARTE (EncontroNacional de Estudantes de Arte. Vitória, outubro de 2013). O encontro teve como tema: paradoxo, travessia e fruição. Refletindo sobre essas palavras chave, a Liga do Corpo (Grupo de Dança) sai pelas ruas da cidade de Vila Velha (ES), constroem um laboratório de intervenções performativas a céu aberto, e levam a razão para as raias da loucura..

Experiência Bicuriosx, Fábio Santos – O vídeo experiência bicuriosx é resultado de uma ação performática imersa em ambiente interativo em tempo real. Surgem imagens sépias e rx de corpos em movimento. Cores com realces extravagantes que desvelam sentidos.

O Botão da Rosa, Marina Souza Ramos – A mulher e a liberdade de escolher, decidir seu futuro e caminho. Qual o papel da mulher? Libertar-se das amarras machistas impostas pelo sistema, onde fica reclusa apenas no papel de coadjuvante e o protagonismo acontece, na maioria dos casos, numa cena de violência e obrigações de aceitar e vestir-se de padrões para ser inclusa num universo feminino criado para seduzir e encantar, seja com seu corpo para suprir os olhares sexuais ou comportar-se como dona de casa para ocupar o papel de mãe e atingir as expectativas daqueles que acreditam morrer na solidão se por acaso não casar.

O Que Restou da Solidão, Juh Almeida Quem sou para mim além de uma sensação só minha, o que restou além da solidão que você deixou, que penetrou em cada canto, em cada poro, em cada azulejo desse banheiro, a solidão desola-me. A companhia oprime-me. A presença de outra pessoa desencaminha-me os pensamentos. Toco meu corpo procurando seus vestígios, sinto seu cheiro em cada canto não alcançável do meu corpo, ainda sinto seus dedos percorrendo cada milímetro do meu pescoço, a água que cai em mim agora tenta levar por esse ralo cada pedaço seu que ficou aqui, mas é inútil, eu ainda sinto sua respiração se misturando com a minha.

Transborda, Diego Haase – Uma forma que não cabe mais em você.

SERVIÇO
CineFacom exibe filmes de estudantes da UFBA
13 de maio, às 17h
Auditório da Faculdade de Comunicação da UFBA
Grátis


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta