Crowdfunding ganha espaço no setor musical
Música

Crowdfunding ganha espaço no setor musical

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Kickante

Considerada uma das melhores bandas de rock dos anos 70, O Terço também utilizou crowdfunding para lançar seu show em DVD no formato 3D e arrecadou mais de R$ 9.930,00

Por Tahiana D’Egmont

Após auxiliar empreendedores, ONGs e artistas ao redor do mundo a arrecadar mais de US$ 10 bilhões em 2014 (e com previsão de alcançar 17 bilhões em 2015), o crowdfunding vem ganhando cada vez mais espaço no Brasil. Uma das áreas que mais se destacam é a musical, já que o número de campanhas voltadas para esse mercado é grande, seja para financiar álbuns, arrecadar fundos para promover um show ou iniciar a pré-venda de lançamentos, entre outras oportunidades.

Na Kickante, plataforma onde 38% das campanhas culturais são voltadas para o setor musical, não poderia ser diferente. Dentre os projetos culturais da plataforma, aproximadamente 38% são voltadas para o setor musical. A plataforma já lançou mais de 200 campanhas musicais. Entre os destaques, estão as recentes campanhas do Lobão, Leila Pinheiro, Nasi e Alf. Lobão conta que está há mais de 10 anos sem gravar e, segundo ele, resolveu lançar este novo projeto para mostrar a sua indignação sobre nosso país e o rumo que ele está tomando. O cantor almeja arrecadar R$ 80 mil até o dia 27/05. Em apenas 10 dias, já arrecadou R$ 14.460,00.

Com 40 dias de campanha, Nasi, integrante da Banda Ira!, já arrecadou R$ 19.600,00 para viabilizar a produção de seu primeiro CD e DVD em carreira solo. Já a cantora Leila Pinheiro, faltando apenas 7 dias para encerrar a campanha, jáalcançou R$ 63.000,00 para a gravação de seu primeiro EP (CD com 4 músicas – 3 inéditas e 1 regravação). O projeto de Leila foi idealizado em comemoração aos seus 35 anos de carreira e já recebeu contribuições de grandes nomes da música como Roberto Menescal.

Vou gravar meu primeiro EP e decidi lançar por meio do sistema de financiamento colaborativo. Pelos diferenciais e credibilidade, escolhi a Kickante para viabilizar todo esse processo de captação do valor necessário para a gravação. Com isso, os interessados pelo meu trabalho poderão acompanhar de perto todos os passos desse momento especial da minha carreira”, comenta Leila.

Considerada uma das melhores bandas de rock dos anos 70, O Terço também utilizou crowdfunding para lançar seu show em DVD no formato 3D e arrecadou mais de R$ 9.930,00 – 1987% de sua meta inicial. Originalmente tocando rock clássico, o grupo misturou ao seu som rock progressivo, rock rural e MPB, sendo reconhecido por sua diversidade musical.

Com a campanha “Esteban Tavares: pré-venda exclusiva!”, o cantor Esteban Tavares, ex Fresno, conseguiu bater sua meta de arrecadação em 157% – R$ 80.705,00 – para a gravação de seu segundo CD, com mais de 1.200 contribuições. Ele conta que optou pelo crowdfunding, pois era uma forma de manter sua liberdade criativa e também ficar mais próximo de seus fãs.

As opções são diversas e qualquer projeto interessante pode ser financiado via crowdfunding.

Tahiana é CEO da Kickante. Empreendedora digital de longa data, é especialista e Marketing Digital e Community Building, tendo atingido mais de 40 milhões de usuários por mês em uma de suas startups. Na Kickante, Tahiana tem a missão de viralizar as campanhas de arrecadação digital na nossa plataforma liderando um time apaixonado por crowdfunding e arrecadação digitais.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta