Crítica Verdades Secretas: texto inteligente é marca de nova novela da Globo
Televisão

Crítica Verdades Secretas: texto inteligente é marca de nova novela da Globo

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Verdades Secretas

Roteiro bem desenvolvido tem sido o grande ponto forte da nova trama das 23 horas da Rede Globo; universo retratado na história também ajuda

Por Luis Fernando Pereira

Os primeiros cinco minutos de Verdades Secretas, nova novela das 23 horas da Rede Globo, já são suficientes para afirmarmos que estamos diante de um produto de qualidade. Não há tanta necessidade de vermos os capítulos restantes, pois a primeira cena já consegue te convencer do quão boa e inteligente é o texto apresentado, o roteiro construído e as atuações mostradas.

E caso duvide, volte à introdução da novela e reveja a cena, que começa com um travelling (câmera se deslocando no espaço) pela cidade de São Carlos, ambientação inicial da história. A trilha sonora é melancólica, o som ambiente é típico de uma cidade interiorana. As casas também; lembram um pouco os subúrbios norte-americanos. A câmera desce e fixa em uma garota; no letreiro aparece seu rosto e a legenda: apresentando, Camila Queiroz. Trata-se da atriz que dá vida a Arlete, a protagonista da novela. Poucos segundos e já temos uma introdução brilhante.

Logo voltamos à cena, e somos apresentados a sua família, aparentemente normal, um pai trabalhador (Tarcísio Filho), uma mãe devotada (Drica Moraes) e a filha saindo da adolescência, sonhando em ser modelo. Vemos um diálogo típico de uma família tradicional, o pai vai trabalhar; a filha, para a escola e a mãe, fica em casa cuidando de tudo. E eis que então, a mãe desconfia de uma carta encontrada no paletó do marido, vai ao encontro desta e descobre que o marido possui há sete anos uma nova família numa outra cidade. Há um discussão intensa, com diálogos fortes, intensos e inteligentes, além de atuações dignas de aplausos.

Neste instante Verdades Secretas dá o seu pontapé inicial e nós já ficamos com a certeza de que se trata de um produto diferenciado da rede Globo. O texto de Walcyr Carrasco e Maria Elisa Berredo de fato chama atenção pelo alto nível e pela sua relação estreita com a realidade; aquelas palavras poderiam ser ditas por qualquer um que passasse pela situação, e é sempre prazeroso encontrar diálogos realmente ‘reais’ em obras fictícias.

A partir daí mãe e filha se mudam para São Paulo, uma das grandes cidades do mundo, e assim um novo universo se abre para Arlete. E por mais que sejamos aos poucos apresentados aos diversos e interessantes personagens, será em Arlete que o roteiro irá focar, será Arlete o fio condutor da história, ela de alguma maneira representa todos os assuntos tratados ao longo da trama.

Verdades Secretas

Verdades Secretas traz um elenco caprichado, com nomes como Rodrigo Lombardi, Grazi Massafera, Alessandra Ambrósio, Yasmin Brunet, Guilhermina Guinle, Eva Wilma, Reynaldo Gianecchini e Marieta Severo. Seu universo nos remete a muitas referências, que vão desde a inocente Ugly Betty (série de televisão), passando por Lolita, o filme, e chegando a produções mais próximas, como a série britânica Mildred Pierce (baseada no livro homônimo) e algumas outras que navegam pelo submundo da moda.

Os primeiros capítulos impressionam não somente pela qualidade do texto e das boas atuações, mas também pela ousadia de algumas das cenas, o que a fez ser comparada em alguns momentos ao filme 50 Tons de Cinza. Exageros à parte, a novela aproveita-se do horário de exibição, por volta das 23 horas, e joga no espectador o máximo de sexualidade possível, fazendo-nos por um instante achar que se trata ali de uma série da HBO, ou algo do tipo.

A Rede Globo acertou novamente ao sair do tradicional modelo de contar uma história. Cada vez mais cinematográfica (visando o mercado internacional) a emissora apresenta desta vez uma trama ousada, urbana, universal, com ares de um subversivo conto de fadas e apresentando a história de uma garota que entra no mundo da moda e descobre que tal universo é bem diferente do que imaginava. A garota, Camila Queiroz, promete encantar cada vez mais os espectadores, e sua personagem tem tudo para se firmar com uma das mais marcantes destes últimos anos.

Luis Fernando Pereira é crítico cultural e editor/administrador do site


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta