Com Mariana Ximenes, O Gorila estreia nos cinemas do Rio e de SP
Cinema

Com Mariana Ximenes, O Gorila estreia nos cinemas do Rio e de SP

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O Gorila

Dirigido por José Eduardo Belmonte, o filme foi o primeiro de uma série de produções de baixo orçamento produzidos pela produtora RT Features

Estreia nacional desta semana, o filme O Gorila chega aos cinemas do Rio e de São Paulo trazendo na bagagem um título curiosos e um elenco de respeito, com nomes globais como Mariana Ximenes e uma direção do cineasta José Eduardo Belmonte.

O filme é baseado na novela homônima de Sérgio Sant’Anna, publicada em 2003 em seu livro O voo da madrugada. Adaptado por Claudia Jouvin, o longa-metragem, que teve sua première mundial no tradicional Festival do Rio, onde levou o premio de melhor ator para Otávio Müller, expande o universo do personagem criado pelo autor.

Elenco
Otávio Müller por sinal foi o primeiro nome convidado a participar do projeto pelo produtor Rodrigo Teixeira. Ele encarna Afrânio e seu alterego telefônico, o Gorila.

No elenco, ponto forte do projeto, estão ainda Alessandra Negrini, como Rosalinda, e Mariana Ximenes, Eucir de Souza, Luiza Mariani e Milhem Cortaz como alguns dos alvos dos misteriosos telefonemas. Já Maria Manoella surge em cena como a mãe do personagem, em flashbacks de sua infância.

Baixo orçamento
O Gorila é o primeiro de uma série de filmes de baixo orçamento capitaneados pela RT Features, e foi rodado em São Paulo, após alguns anos de desenvolvimento do roteiro. Os produtores apostaram alto e decidiram convidar a uruguaia Bárbara Alvarez para assinar a direção de fotografia do filme. Bárbara tem em seu currículo trabalhos de sucesso internacional, como Whisky, de Juan Pablo Rebella e Pablo Stoll, e La mujer sin cabeza, de Lucrecia Martel, entre outros.

Trama
Afrânio é um ex-dublador, precocemente aposen- tado após ter tido um problema nos dentes. So- litário, vive atormentado por lembranças de sua infância. Em seu pequeno apartamento, buscando uma forma de voltar a se integrar à sociedade, cria um heterôni- mo: O Gorila. Sob a sombra de sua criação, Afrânio, dono de uma bela e sedutora voz aveludada, passa a telefonar para almas solitárias, em geral mulheres, estimulando fantasias e se alimentando de suas histórias. No entanto, durante a ceia de Natal, Afrânio se torna vítima de um misterioso tele- fonema e se vê obrigado a enfrentar o mundo exterior para impedir um suicídio. Rosalinda, sua nova vizinha e uma de suas vítimas telefônicas, junta-se a ele em sua busca.

Confira o trailer e se agende


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta