Trilha sonora de Verdades Secretas é, além de sexy, genial | Cabine Cultural
Música

Trilha sonora de Verdades Secretas é, além de sexy, genial

Verdades Secretas

Novela traz em seu setlist nomes como The Cure e Los Hermanos e desponta como melhor trilha das novelas globais deste ano

Quem vem assistindo diariamente aos capítulos da novela da Rede Globo Verdades Secretas – escrita por Walcyr Carrasco – certamente já se deparou com alguma cena embalada por uma música que você na hora parou, pensou um pouco e disse: que linda! Que música!

A loucura sexy sonora já começa na abertura, com o resgate de um dos grupos ingleses mais sensacionais das últimas décadas. Pegar Angel, do Massive Attack, e transformá-la numa espécie de canção tema, dialogando assim com o nome da personagem da protagonista da novela, foi escolha das mais felizes. Angel tem uma das pegadas mais sensuais (sim, falo de música) da música eletrônica, mais especificamente do trip hop. Somente ela já faz a trilha sonora da novela valer a pena.

Mas não para por ai.

Outro petardo sonoro, este do icônico e genial grupo inglês The Cure, talvez seja a melhor e mais marcante das músicas da novela. A Letter to Elise foi uma destas canções que até hoje os fãs de Robert Smith, vocalista do The Cure, agradecem por ele tê-la escrito. Bonita, meio soturna, que se encaixa bem na vibe de alguns personagens da novela.

Sobre as músicas da trilha, o produtor João Paulo Mendonça recentemente explicou

Todas as músicas foram escolhidas pelo diretor de núcleo Mauro Mendonça Filho. A concepção para a utilização das canções, desde o início, foi não fazer ligação direta de uma canção específica para um ou outro personagem, mas utilizá-las pelo feelling de cada cena, de forma independente“, diz.

Para reafirmar a influência da cena eletrônica no setlist, temos Moby, outro tremendo artista que ficou mais conhecido nos anos 2000, mas que deve ser ouvido hoje, amanhã e sempre, pois se trata de um dos mais talentosos de sua geração. Ele contribui com duas canções, Saints e The last day, esta com a participação de Skylar Grey.

Para terminar com a lista de canções internacionais, dois outros destaques: All Night Long, da SexyJazz e Artificial Nocturne, do Metric. Para escutar com o volume lá no alto.

Entre as nacionais, a primeira canção que me vem em mente é Sentimental, uma das músicas mais bonitas e emblemáticas do Los Hermanos. Quem já foi em algum show dos rapazes sabe muito bem o poder que ela exerce sobre os fãs, é quase catártico. E é exatamente essa ideia de catarse que toma forma quando escutamos em alguma cena da novela.

Outra que chama bastante atenção é Prumo, da linda Tulipa Ruiz. Escolha das melhores, realmente merece aplausos levar para uma novela da Rede Globo uma canção da talentosa, mas não tão famosa assim (ainda). Tulipa é uma joia de cantora e todos deveriam ouvi-la mais e mais.

O trio Pitty, Céu, Marina Lima (e Fernanda Takai também, com a sua banda Pato Fu), trazem todo o poder do vocal feminino para Verdades Secretas. Para uma novela onde esse universo (o de mulheres modelos) ia ser muito abordado, era imprescindível que vozes femininas fossem poderosas e representativas na parte sonora. E foi, pela felicidade dos fãs.

A trilha sonora de Verdades Secretas ainda tem outras ótimas canções, e merece ser escutada, sozinha, ou junto à alguma cena da novela. A equipe responsável merece os parabéns, pois definitivamente é uma trilha que flerta bastante com a ideia de genial. Sexy ela é, com certeza.

Ouça algumas das canções e se deleite




Uma resposta para “Trilha sonora de Verdades Secretas é, além de sexy, genial”

  1. O segredo de Verdades Secretas é ser um trabalho elegantemente sexy e de um audio-visual de muito bom gosto.

Deixe uma resposta