Resenha filme Divertida Mente: uma reflexão dos sentimentos de forma lúdica
Cinema

Divertida Mente traz uma reflexão dos sentimentos de forma lúdica

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Divertida Mente

Uma mensagem de sabedoria lírica, afinal todas as emoções são importantes na personalidade das pessoas, tudo depende de como são utilizadas

Por Marcia Bessa

Produção Pixar, o mais recente filme da Disney Divertida Mente (USA), tem direção e roteiro de Pete Docter, uma animação infantil para toda a família. Um filme encantador, cativante e divertido, uma junção do cômico com o melancólico, enfim, paixão à primeira cena.

Com diálogos interessantes, usa a criatividade para mostrar  as emoções e os sentimentos através de simbolismos e metáforas, com uma riqueza de detalhes que fascina crianças e adultos.

Riley é uma garotinha alegre que adora esportes e vive uma vida tranquila em Minnesota. Quando seus pais decidem se mudar para San Francisco, a rotina de Riley vira da cabeça para baixo. Suas emoções vão ser postas  à prova, e dessa maneira a Alegria, a Tristeza, o Medo, o Nojo e a Raiva vão ser testadas de todas as formas. Unidas elas tentarão ajudar a menina Riley nesta nova proposta de vida. A Alegria lidera os outros sentimentos, mas junto com a Tristeza terão um papel fundamental na história de Riley.

É desta forma que  o público é apresentado  às emoções, e para isto o  cineasta Pete Docter utiliza um ótimo roteiro e fotografia  multi colorida, em 3D é demais encantador e super animado. De forma lúdica conhecemos o funcionamento do cérebro e suas emoções e cada sentimento tem uma cor simbólica.

Uma mensagem de sabedoria lírica, afinal todas as emoções são importantes na personalidade das pessoas, tudo depende de como são utilizadas.

Para as crianças fica o encantamento dos personagens fofos demais, e para os adultos uma reflexão dos sentimentos de forma lúdica.

Marcia Amado Bessa é enfermeira e escreve para o ótimo blog Cine Amado


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta