Com Deborah Secco e cenas de sexo, Bruna Surfistinha é atração deste sábado na Globo | Cabine Cultural
Televisão

Com Deborah Secco e cenas de sexo, Bruna Surfistinha é atração deste sábado na Globo

Bruna Surfistinha

Bruna Surfistinha

Filme será exibido na sessão Corujão, logo após o Supercine; Deborah Secco interpreta uma menina de 17 anos que decidiu ser garota de programa

Um dos filmes mais polêmicos dos últimos anos no Brasil certamente foi Bruna Surfistinha, que a Rede Globo exibe na madrugada deste sábado, dia 22 de agosto na sessão Corujão, logo após o Supercine. O filme, que foi originado do livro da garota de programa Raquel Pacheco, a Bruna Surfistinha, apresentou uma das melhores atuações, senão a melhor, da carreira da atriz Deborah Secco.

Deborah se despiu de qualquer vaidade para interpretar esta garota que aos 17 anos decidiu sair de casa para se tornar garota de programa. Sua atuação, das mais contundentes, foi digna de aplausos e elevou bastante a sua imagem, ao menos para os críticos de cinema, que sempre pegaram no pé da atriz.

Leia também:  Mark Wahlberg: Supercine deste sábado exibe o suspense “O Apostador”

Uma história fascinante e um filme eficiente.

Uma boa pedida para esta madrugada.

A história
Com o pseudônimo Bruna Surfistinha, Raquel (Deborah Secco) mergulha no universo da prostituição e se torna uma celebridade na internet. Tímida no início, a jovem atrai os olhares cobiçados dos clientes ricos da cidade e logo começa a fazer sucesso. Deslumbrada com o dinheiro que passa a ganhar, ela acaba gastando mais do que deveria e se envolve no mundo das drogas.

A fama vem com a criação de um blog na internet em que passa a contar suas experiências sobre os programas. A partir do site e com a ajuda de uma amiga que conheceu na prostituição, Bruna começa a atender os clientes em um local particular, numa região nobre da cidade, ficando cada vez mais famosa.

Leia também:  Supercine deste sábado: Caio Blat e Letícia Colin vivem amor tórrido no lindo “Ponte Aérea”

Dirigido por Marcus Baldini, o filme busca mostrar os motivos que teriam levado Raquel Pacheco a fugir de casa e virar garota de programa. E ainda, o drama vivido por outras mulheres que estão na mesma situação.

E tem Radiohead na trilha sonora. Sensacional isso, não?




Deixe uma resposta