Telinha em Pauta: uma conversa com elenco e equipe da novela A Regra do Jogo
Televisão

Telinha em Pauta: uma conversa com elenco e equipe da novela A Regra do Jogo

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

* Coluna da jornalista Camila Botto sobre tudo que acontece no mundo televisivo

Por dentro da novela A Regra do Jogo

*Do Rio de Janeiro

Qual o limite entre o bem e o mal? Muitas discussões em torno dessa complicada pergunta começarão a partir da próxima segunda, data que estreia A Regra do Jogo, aguardada novela das 21h da Globo.

Escrita pelo prestigiado João Emanuel Carneiro e dirigida pela competente Amora Mautner, dupla responsável pelo fenômeno Avenida Brasil (2012), A Regra do Jogo conta com um elenco estrelado. Nomes como Alexandre Nero, Cauã Reymond, Vanessa Giácomo, Giovanna Antonelli, Cássia Kis, Susana Vieira, Renata Sorrah e Tony Ramos estão na linha de frente do “dreamteam”.

Romero Rômulo (Alexandre Nero) é o personagem central da trama. Ele é um ex-vereador, que aparentemente mantém uma fundação que reintegra ex-presidiários à sociedade. Mas, a verdade, Romero recruta os condenados para a facção criminosa da qual faz parte.

Romero ( Alexandre Nero )

Ele é um cara que vai se moldando conforme os lugares que ele vive. É um cara que tenta enganar os outros e acaba enganando a si mesmo. Ele é um cara que não é mal, que não é bom, que ama e também odeia, ou seja, ele é uma pessoa absolutamente comum e esse é o grande barato dele”, conta Nero, 45 anos.

Eu me apaixonei pela provocação de entrar logo depois do Comendador porque é uma coisa tida como quase proibido. Ouvi: ‘Depois de um sucesso você não pode fazer’. Ai disse: ‘Não pode? Então eu vou fazer. Essas provocações me instigam’”, pontua Nero. Um dos maiores inimigos de Romero é Zé Maria (Tony Ramos), que foge da polícia há décadas. Ele é pai de Juliano (Cauã Reymond) e companheiro de Djanira (Cassia Kis), a única que verdadeiramente conhece Romero.

Assim como o protagonista, Zé também é dúbio, pois jura não ter cometido os homicídios pelos quais foi condenado. “A expectativa é que o povo goste. O importante é acreditar na personagem de forma absoluta, isto é, vivenciá-la sem ter que sê-la”, afirma o ator, 66.

Desde a condenação de Zé Maria, coube a Djanira criar os filhos adotivos Juliano e Tóia (Vanessa Giácomo). Os dois namoram desde cedo, mas os planos de casamento são atrapalhados pela injusta prisão do lutador de MMA. Juliano é acusado por tráfico de drogas e, após ser solto, jura que irá se vingar de seus algozes.

Outro personagem que também alimenta um desejo de vingança é o policial Dante (Marco Pigossi). Filho adotivo de Romero, ele tem certeza que Zé Maria assassinou seu pai biológico. “Ele é extremamente honesto, mas é movido por vingança então isso abre milhões de possibilidades para o João Emanuel brincar e desenvolver da maneira que ele quiser”, diz Pigossi, 26.

Atena (Giovanna Antonelli)

Indo para as mulheres fortes da história, chegamos a Atena (Giovanna Antonelli), que promete ser a Carminha (Adriana Esteves) da vez. Estelionatária, ela quer se vestir bem, comer nos melhores restaurantes e se divertir. No momento certo, ela conhecerá Romero, encontro que promete mudar os rumos da história. “O texto do João já vem pronto e o resto a gente incrementa. O texto dele diz mais do que mil palavras”, elogia a atriz, de 39 anos.

Para a diretora Amora Mautner, 40, a alma da novela são os atores. “Aqui só tem ator que tem alma, ator maluco no bom sentido, no sentido de se expor, de fazer com o coração e se entregar”, afirma.

Tudo sobre TV e séries na nova edição do podcast Feminino na Telinha

Mas para muitos, quem deu o toque especial para a trama foi a própria Amora, que inovará com a caixa cênica, um ambiente que permite que os atores tenham mais liberdade na hora de atuar, sem se preocupar com posicionamento de câmeras. “Desde que eu comecei a ler o texto do João Emanuel, eu quis fazer uma novela cada vez mais orgânica. E eu fiquei durante dois anos tentando estruturar como a gente poderia captar essa imagem de uma maneira também reality”, conta.

*A colunista viajou a convite da Rede Globo

 

Camila Botto é repórter do Correio, editora do site Feminino e Além, autora do livro Segredos Confessáveis e colunista do Cabine Cultural


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta