Wes Craven morreu e deixou um grande legado para o cinema de terror
Cinema

Wes Craven morreu e deixou um grande legado para o cinema de terror

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Scream

Um dos maiores cineastas do gênero terror, Wes entrou para a história do cinema por suas direções maravilhosas, como A Hora do Pesadelo e Pânico

O mundo do cinema foi dormir bem triste no último domingo, dia 1º de setembro. Isso porque o diretor Wes Craven, que dirigiu o clássico A Hora do Pesadelo, uma referência do cinema de horror sangrento, morreu neste dia à tarde, aos 76 anos, informou a família em comunicado.

O legado de Craven, entretanto, vai muito além de A Hora do Pesadelo. Foi nos anos 1990 que o diretor renovou o gênero com uma das franquias mais sensacionais da história do cinema. Pânico, que recentemente virou série, deu uma renovada das mais precisas para o terror e levou a marca para o topo da cultura pop. Craven tinha imposto sua marca, seu estilo, que unia terror, deboche e cultura pop. Estes três elementos juntos fizeram da série de filmes grandes sucessos, e do cineasta uma lenda.

Craven morreu cercado pela família em sua casa em Los Angeles depois de padecer com câncer no cérebro, informaram os familiares.

É com profunda tristeza que informamos que Wes Craven faleceu“, diz o comunicado. “Nossos corações estão partidos.”

Vida e obra
Nascido em Cleveland, Craven saltou para a fama com seu primeiro longa, A Última Casa à Esquerda, que alcançou status de cult clássico ao longo das décadas. Ali ele já colocava o seu nome na lista dos bons cineastas do gênero.

Ele passou a trabalhar em cinema depois de vários anos como professor universitário. Dirigiu em seguida outros sucessos do horror, como Viagem Maldita e O Monstro do Pântano.

Mas foi com A Hora do Pesadelo, de 1984, que o cineasta subiu ao topo do gênero de terror. O filme, que custou menos de 2 milhões de dólares e tinha Robert Englund no papel de Freddy Krueger, um vilão com garras que atormenta um grupo de jovens em seus sonhos, foi um sucesso de bilheterias, arrecadando cerca de 25 milhões de dólares e resultou em oito sequências, bem como uma série de TV.

Veio 1996 e com ele o mega sucesso de bilheteria Pânico, outro filme de adolescentes em perigo, que também satirizou o gênero.

Fica registrado aqui o nosso adeus. O mundo do cinema sentirá falta. O mundo do terror sentirá saudade.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta