Ricki and The Flash: Meryl Streep excelente como sempre
Cinema

Ricki and The Flash: Meryl Streep excelente como sempre

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Meryl Streep, Rick Springfield and Director Jonathan Demme on the set of TriStar Pictures’ RICKI AND THE FLASH.

Um filme agradável de assistir, com boa música e um recado sem aprofundamento

Por Marcia Bessa

O filme Ricki and The Flash, direção de Jonathan Demme é uma comédia dramática e tem na atriz Meryl Streep seu principal alicerce.

Ricki (Meryl Streep) é uma cantora de rock cinquentona falida, que se apresenta com sua banda The Flash em barzinhos da cidade. Ricki abriu mão da família na sua juventude para apostar na carreira artística, e seus três filhos foram criados longe da mãe.

Quando seu ex-marido Pete (Kevin Kline) telefona e pede sua ajuda, pois sua filha Julie (Mamie Gummer) se encontra em profunda depressão desde que seu marido a abandonou, Ricki decide ajudar a filha. Mas para isso terá que deixar seu orgulho de lado e aprender a lidar com antigas mágoas e ressentimentos dos três filhos, por tê-los abandonado na infância. Mas também é a oportunidade dessa mãe de demonstrar  aos filhos que ainda os ama, apesar de sua atitude radical na juventude.

Filme que fala de escolhas de vida, o peso das mágoas na vida das pessoas e a importância de encarar de frente suas atitudes perante as pessoas que ama. Fala de preconceitos e aceitação das pessoas como elas realmente são.

O roteiro de Diablo Cody (responsável por Juno) é superficial e tenta conciliar problemas sérios com certo humor. Mas a proposta é abordar situações e desconfortos familiares, sem se aprofundar ou tentar resolvê-los. E como a maioria das comédias, os clichês previsíveis fazem parte do enredo. A trilha sonora é puro rock, com músicas de Lady Gaga, Pink, Bruce Springsteen e a própria Meryl Streep canta as músicas com ótima voz, firme e melodiosa.

A camaleônica atriz Meryl Streep está excelente como a cinquentona roqueira Ricki, cheia de mágoas e falhas, e que no fundo não sabe lidar com situações que ela própria criou.  E faz um ótimo par com o ator Kevin Kline como seu ex-marido Pete. Curioso também assistir mãe e filha na vida real (Meryl Streep e Mamie Gummer) interpretando papel similar.

Um filme agradável de assistir, com boa música e um recado sem aprofundamento.

Marcia Amado Bessa é enfermeira e escreve para o ótimo blog Cine Amado


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta