Mostra de Cinema Japonês leva filmes de Kurosawa e Miyazaki para a Walter da Silveira
Agenda

Mostra de Cinema Japonês leva filmes de Kurosawa e Miyazaki para a Walter da Silveira

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

San and Moro Princesa Mononoque

Mostra acontece de 26 de setembro a 1 de outubro na tradicional sala de cinema de Salvador; a entrada é gratuita

Uma das cinematografias mais pulsantes do mundo, o cinema japonês apresentou ao longo das décadas grandes cineastas e grandes obras-primas da sétima arte.

A Sala Walter da Silveira, homenageando o cinema japonês, traz para esta semana uma mostra bem bacana com filmes de dois de seus grandes expoentes, Kurosawa e Miyazaki. A programação começa com mais uma edição do Cineclube, que neste mês exibe o clássico Rashomon.

Grande dica para esta semana em Salvador. Na Sala Walter da Silveira, com entrada gratuita.

Veja a programação completa e se agende desde já

Dia 26/09 –  Cineclube Walter da Silveira
17h
Rashomon (Rashômon, JAP, 1950)
Direção:  Akira Kurosawa.
Japão, século XI. Durante uma forte tempestade, um lenhador, um sacerdote e um camponês procuram refúgio nas ruínas de pedra do Portão de Rashomon. O sacerdote diz os detalhes de um julgamento que testemunhou, envolvendo o estupro de Masako e o assassinato do marido dela, Takehiro, um samurai. Em flashback é mostrado o julgamento do bandido Tajomaru, onde acontecem quatro testemunhos, inclusive de Takehiro através de um médium. Cada um é uma “verdade”, que entra em conflito com os outros.

Programação
Dia 28/09

17h
Meu amigo Totoro (Tonari no Totoro, JAP, 1988)
Direção:  Hayao Miyazaki
Mei é uma jovem que encontra uma pequena passagem em seu quintal, que a leva à um lendário espírito da floresta conhecido como Totoro. Sua mãe está no hospital, e seu pai divide o tempo entre dar aulas na faculdade e cuidar de sua mulher doente. Quando Mei tenta visitar a mãe por conta própria, se perde na floresta, e só  Totoro pode ajudar a menina a achar o caminho de volta para casa.

19h
Yojimbo (Yojimbo, JAP, 1961)
Direção:  Akira Kurosawa.
Um samurai desempregado (Toshirô Mifune) chega a uma cidade à procura de um trabalho, só que esta se encontra dividida entre dois mercadores rivais. O samurai oferece os seus serviços para ambos, envolvendo-se em sangrentas batalhas e aproveitando-se totalmente da situação. Inspirou obras famosas, como Por um Punhado de Dólares, de Sérgio Leone, e Kill Bill, de Quentin Tarantino

Dia 29/09
17h
Princesa Minonoke (Mononoke-hime, JAP, 1997)
Direção:  Hayao Miyazaki
No tempo em que os deuses viviam na Terra e entendiam a linguagem dos homens, trava-se a batalha entre a espécie humana e os espíritos da floresta. O destino do mundo depende da coragem de uma princesa destemida e de um bravo guerreiro.

19h
Sanjuro (Tsubaki Sanjûrô, JAP, 1962)
Direção:  Akira Kurosawa.
O samurai Sanjûrô Tsubaki (Toshirô Mifune) une-se a um grupo de jovens idealistas que estão determinados a acabar com a corrupção que há em sua cidade. Porém, este cínico samurai está muito aquém dos conceitos ideais que esses jovens têm de um nobre guerreiro.

Dia 30/09
17h
Nausecaã do Vale do Vento  (Kaze no tani no Naushika, JAP, 1984)
Direção:  Hayao Miyazaki
Após a destruição da maior parte da Terra pelo homem em um episódio conhecido como Sete Dias de Fogo, os sobreviventes vivem em pequenas comunidades espalhadas pelo globo. Uma dessas comunidades é o Vale do Vento, onde a princesa Nausicaa está estudando – ao invés de combater como todos – a Floresta Tóxica, dominada por insetos gigantes e plantas tóxicas, que vem tomando conta das últimas cidades que restam.

19h
Fortaleza escondida  (Kakushi toride no san akunin, JAP, 1958)
Direção:  Akira Kurosawa.
Durante o Japão do século XVI, um poderoso homem escolta uma bela princesa fugitiva em meio ao território inimigo a caminho de casa. Em sua viagem cruzam dois medrosos fazendeiros, que estão tentando retornar para casa depois de fugirem da Guerra Feudal. Principal inspiração de George Lucas para criar o seu Star Wars, combinando humor, drama e muita ação.

Dia 1/10
17h
Trono manchado de sangue (Kumonosu jô, JAP, 1957)
Direção:  Akira Kurosawa.
Baseado na obra Macbeth, de Shakespeare, conheça a história de Washizu e Miki, dois samurais que, durante uma missão, têm uma visão sobre uma velha senhora no meio da floresta. Ela profetiza um ambicioso futuro, o que faz com que os samurais fiquem com isso na cabeça e, inconscientemente, comecem a agir para que ele se torne realidade. Sangrentas guerras, ambição e loucuras se entrelaçam perfeitamente em um dos melhores filmes do mestre Kurosawa.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta