Um em cada três homens tem nojo de fazer sexo oral na parceira, diz pesquisa
Notícias

Um em cada três homens tem nojo de fazer sexo oral na parceira, diz pesquisa

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Sexo Oral

Sexo

Enquanto 78% das mulheres faz sexo oral no parceiro com frequência, apenas 56% dos homens pratica a modalidade

Por Feminino e Além

Pois é. Eles são heterossexuais, portanto se relacionam – e fazem sexo – com mulheres, mas quase metade dos homens (43%) diz ter ‘nojo’ de fazer sexo oral na companheira.  A pesquisa realizada no ano passado pela empresa Sex Wipes no estado de São Paulo revelou que 43% dos homens não realiza sexo oral com frequência.

Foram entrevistados 1.252 homens heterossexuais e sexualmente ativos com idades entre 18 e 30 anos. Destes, 78% afirmou receber sexo oral frequentemente na relação, enquanto quatro em cada 10 não o pratica de volta.

Homens sentem nojo de fazer sexo oral

Dos que afirmaram realizar a modalidade com frequência, mais de um terço (35%) revelou sentir nojo durante a prática. Para estes, o medo de ser considerado gay ou ser traído são alguns dos fatores que influenciam para a decisão de fazer sexo oral, apesar de se incomodarem com o cheiro ou aspecto da vagina. Outros são:

  • Porque estou com tesão e não penso na hora
  • Porque amo minha parceira
  • Para dar prazer a ela
  • Para retribuir

Do que eles têm nojo
Para os 43% que declarou não realizar sexo oral nas parceiras, as principais razões são (com meus comentários ao lado porque não aguentei!):

  • A vagina cheira muito mal (sinceramente, hein? Vocês acham mesmo que todo pênis cheira bem?)
  • A vagina tem gosto ruim (apenas gosto de vagina, oras)
  • A vagina é muito úmida (mulher excitada = lubrificação)
  • A vagina tem muito pelo (depende da moça)
  • A vagina é feia, desagradável de se olhar (essa eu não vou nem comentar!)
  • Sou egoísta (os mais sinceros. São mesmo!)
  • Não acho que a boca foi feita para isso (ok então. Nem pra chupar você também!)
  • Outros motivos listados, além do nojo, foram medo de contrair DST, religião, falta de confiança na parceira e a falta de vontade da própria parceira. (A DST e religião, ok. A falta de confiança na parceira é tenso. Como se relacionar com alguém que não se confia? E falta de vontade da própria mulher, por favor, conta outra! Pesquisas provam que é o sexo oral que mais dar prazer para elas)

Leia a segunda parte da matéria clicando aqui (está boa demais)


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta