Pânico: boa surpresa, 1ª temporada de Scream já está no catálogo da Netflix
Séries

Pânico: boa surpresa, 1ª temporada de Scream já está no catálogo da Netflix

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Scream

Scream

Série exibida originalmente pela MTV estreia sua primeira temporada no canal de streaming mais famoso do planeta

Scream, a série. Muitos ficaram curiosos, outros muitos revoltados, mas o fato é que a nova série da MTV, e da Netflix, e baseada nos filmes de Wes Craven, foi uma das boas surpresas desta temporada. E por isso, a notícia de que ela já está, desde o dia 1º de outubro, no acervo da Netflix, deve ser motivo de comemoração.

Pânico, como foi chamado no Brasil, foi um ícone da cultura pop nos anos 1990/2000 e por isso até hoje tem seus milhares de fãs fieis, que não viram com bons olhos ao possibilidade de um remake ou algo parecido com a história.

Porém, com o coração aberto, e sem preconceitos, esses mesmos fãs mais radicais certamente irão gostar da série, que nada mais é que uma grande homenagem ao projeto original.

A série
A atmosfera é basicamente a mesma, mas o contexto é bem diferente, e Scream soube se utilizar bem das ferramentas desta geração: Facebook, Twitter, Smartphones… O mundo mudou bastante de 1996 para cá e é impossível pensar numa história que não possua esses elementos, sobretudo uma história bancada pela MTV.

E o fato da série ser um produto da MTV americana transforma-a automaticamente em um produto feito para o público adolescente. Scream pode agradar sim adultos saudosos e ávidos pelo retorno da trama de Wes Craven, mas o seu foco será a audiência adolescente, e por isso o roteiro – e toda a ambientação – tem um clima juvenil. Os estereótipos todos estão lá: a menina bonita, a popular, a deslocada com problemas com a sexualidade, o nerd viciado em serial killer…

Tivemos também nesta temporada de estreia relação de alunas com professor, dezenas de festas típicas da juventude americana, música pop (de ótima qualidade, deve-se mencionar) e muitos outros elementos que vemos em outras séries do canal.

Scream na verdade sempre foi assim, a diferença é que os adolescentes e jovens que se deleitaram com a trama nos anos 1990 hoje tem os seus trinta e poucos anos e não mais se identificam (espera-se) com a vibe juvenil imposta pelo roteiro da série.

Ótima opção para os assinantes da Netflix.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta