Amor, Sexo e um Pouco de Sacanagem: comer fora de casa será a solução?
Sexo

Amor, Sexo e um Pouco de Sacanagem: comer fora de casa será a solução?

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Casal

“Feijão com arroz todo dia enjoa? Sim, se enjoa!!! Mas, acho que, antes de resolver comer fora de casa, a gente deve sempre se colocar no lugar do outro e lembrar que ele também tem paladar”

Por Feminino e Além

Acabo de ler sobre um site criado especialmente para pessoas casadas que desejam encontrar parceiros para viver uma aventura extraconjugal totalmente sigilosa. Enquanto a isso, nenhuma novidade, até porque já vi disso outras vezes pela internet. A questão em cheque é uma pesquisa divulgada pelo Ashley Madison – nome desse tal “portal da traição” – que afirma, basicamente, que a “pulada de cerca” é a solução para manter o casamento intacto.

Antes de começar a deixar bem claro o que acho disso e o porquê, vamos a um breve resumo dos resultados apontados. De acordo com os dados, 76% dos homens e 84% das mulheres alegaram fidelidade no primeiro casamento e apontam esta como parte do fracasso da relação. Além disso, 54% dos homens e 48% das mulheres dizem que a presença de um amante melhora o relacionamento com o parceiro. Vale muito, muito mesmo, ressaltar que, para essa pesquisa, foram entrevistados usuários do Ashley Madison, um total de 11.632 pessoas dos 46 países onde o portal atua.

Bem, só com essa última informação já considero a pesquisa um tanto tendenciosa. Afinal, é claro que se a pessoa usa o bendito “portal da traição” é porque entende que ela é um caminho. Então, né?! Pessoalmente, acho que traição pode ser perdoada e tudo mais, entretanto, vai depender muito do caso concreto, qual o contexto disso, se foi algo, digamos, esporádico, o tal do momento de fraqueza diante de algum problema ou desentendimento do casal. Acho mesmo que tanto homens quanto mulheres estão sujeitos, sim, a trair em algum momento.

Agora, dizer que a traição é a solução para manter o relacionamento, aí peloamordeDeus! Sou abrigada a perguntar que tipo de relação as pessoas têm construído? Porque pautar um casamento, ou qualquer relacionamento, partindo do princípio de que o outro não basta, de que é preciso enganar, mentir e buscar outras relações para conseguir manter o que se tem, ao menos para mim, não faz sentido! Sinceramente, se seu desejo é poder se envolver com quem quiser, sem compromisso, não se comprometa, ora bolas! Simples assim!

Continue a leitura


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta