Ponte dos Espiões: filme fascinante com tema sério
Cinema

Ponte dos Espiões: filme fascinante com tema sério

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Ponte dos Espiões

Direção de Steven Spielberg o filme Ponte dos Espiões (EUA) é um drama com suspense baseado em fatos reais

Por Marcia Bessa

Passado em 1957, fala de espionagem entre as potências EUA e URSS durante a Guerra Fria.

James Donovan (Tom Hanks), um advogado especializado em seguros é convidado para defender Rudolf Abel (Mark Rylance), um espião soviético preso nos EUA. Apesar do direito de todo cidadão a uma defesa justa, o advogado Donovan passa a ser hostilizado pela população americana e a sofrer risco de vida, como também sua família. Quando um espião americano é capturado pelo inimigo, Donovan é enviado a Berlim para negociar a troca de Abel pelo prisioneiro americano.

Com diálogos detalhados para o entendimento do público, assistimos um verdadeiro embate entre essas  duas potências. Com fotografia ímpar e ótimo roteiro dos irmãos Joel e Ethan Coen, assistimos  uma trama bem elaborada. A primeira parte do filme tem um ritmo lento, um pouco monótono, mas o suspense e ação chegam ao clímax na segunda parte, quando Donovan torna-se parte fundamental na troca dos espiões.

Os atores Tom Hanks e Mark Rylance como o advogado humanista e o espião soviético, dão um show de interpretação, constroem personagens marcantes nesta história real.

Filme fascinante com tema sério, fala de forma otimista de direitos humanos e ética e descreve fatos importantes da política mundial.

Como diz o advogado James Donovan, de acordo com a constituição americana “todo ser humano tem direito a uma boa defesa”. Mesmo que isto cause problemas até no próprio Governo e preconceito social.

Marcia Amado Bessa é enfermeira e escreve para o ótimo blog Cine Amado


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta